TwitterFacebookGoogle+

Correnteza vence eleição para o DCE da UNIRIO

Ocorreu, entre os dias 22 e 23 de novembro, a eleição para o Diretório Central dos Estudantes da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). Pela primeira vez, o Movimento Correnteza participou da eleição com chapa própria (Chapa 1 – Liberdade é não ter medo), composta majoritariamente por calouros. As outras duas chapas eram ligadas à UJS/PT (Chapa 2) e ao PSOL/PCB (Chapa 3).

Com uma campanha pautada numa maior participação dos estudantes na construção das lutas que precisam ser tocadas pelo DCE, conversamos com alunos dos mais diferentes cursos, turnos e centros da UNIRIO, inclusive do ensino a distância. Nosso programa contemplou lutas gerais com pautas específicas do movimento estudantil, conseguindo mobilizar apoio em todos os setores da universidade.

Resultado desse trabalho, surpreendemos e conseguimos vencer a eleição mais apertada da história do DCE com 986 votos contra 980 da Chapa 3 e 842 votos da Chapa 2. Não foi uma vitória fácil; enfrentamos o boicote de outras organizações do movimento estudantil, que se achavam donas da vontade dos estudantes, e a falta de recursos para fazer campanha, mas contávamos com o principal: militância entusiasmada e vontade de mudar os rumos do movimento dentro e fora da universidade.

Diante dos ataques que se anunciam com o Governo Bolsonaro, que quer impor a censura dentro das instituições de ensino, privatizar as universidades e diminuir ainda mais as verbas para a educação, os estudantes brasileiros precisam de um movimento com energia e disposição para criar a unidade e a resistência necessárias para derrotar os retrocessos e avançar na luta por uma educação de qualidade e um país verdadeiramente justo e democrático.

Matheus Medeiros, novo coordenador-geral do DCE-UNIRIO

Print Friendly, PDF & Email
pvc_views:
2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornais Internacionais

Páginas

Categorias

Especial

Links

Movimentos Sociais e Organizações