TwitterFacebookGoogle+

Bolsonaro quer entregar o sistema de moradia da Caixa aos banqueiros

 

           Pedro Guimarães, presidente da Caixa Econômica, quer implementar a securitização do crédito imobiliário do banco. Isto significa entregar para o capital financeiro as contas dos mutuários, transformando uma política pública num balcão de negócios que não beneficiará as pessoas, mas sim ao capital.

           A Caixa pretende com esse negócio, captar 100 bilhões no mercado financeiro, que segundo Guimarães, vai duplicar a oferta do crédito imobiliário. Porém, o seguro significa converter em títulos do mercado financeiro, deixando o crédito nas mãos dos agiotas e banqueiros internacionais. Bolsonaro vai abrir para investirem na carteira corrente do banco, em imóveis devolvidos e em fundos imobiliários. Será uma verdadeira farra financeira com a política de moradia, sem precedentes na história do Brasil.

            O presidente da Caixa se posicionou durante evento da Abrinc(Associação Brasileira das Incorporadoras Imobiliárias) em São Paulo, “vendendo o peixe” para os especuladores. Disse: “existe um interesse brutal dos investidores estrangeiros nos ativos da Caixa” e “se nós aprovarmos a reforma da previdência, será um Brasil que a minha geração nunca viu”.

           Guimarães afirmou em janeiro: “se hoje você tem zero de empréstimo para classe média, ela não vai mais ter juros do minha casa, minha vida. Quem é classe média tem que pagar mais juros de mercado”. Como vemos, ele trabalha incansavelmente para assegurar os lucros dos bancos, sendo ele mesmo um funcionário do alto escalão de instituições financeiras como o Santander, BTG Pactual (Banco de Investimentos fundado por Paulo Guedes) e seu ultimo cargo foi no banco de investimentos Brasil Plural, com forte influencia no setor imobiliário.

            Mas além dos negócios imobiliários serem finaceirizados, pretendem ainda vender, por meio da abertura de capital, subsidiárias da Caixa, empresas controladoras de cartão, seguros e as lotéricas, todas empresas bastante lucrativas. Querem realmente entregar a Caixa Economica Federal e fazem isso como podem, pois se trata de uma empresa da administração direta, não podendo ser negociada na bolsa de valores diretamente. Como vemos, o capital financeiro está com sede de lucros e aproveita o governo submisso para extrair juros de todas as maneiras no nosso país.

Wanderson Pinheiro, São Paulo

Print Friendly, PDF & Email
pvc_views:
11

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornais Internacionais

Páginas

Categorias

Especial

Links

Movimentos Sociais e Organizações