TwitterFacebookGoogle+

Monumento a Stálin é erguido em Novosibirsk

O monumento foi erguido dia 09/05, em comemoração ao 74º Aniversário do “Dia da Vitória” em Novosibirsk, Sibéria. O evento contou com a presença de Anatoly Lokot, membro do Partido Comunista e prefeito da cidade, comunistas e trabalhadores.
Inauguração do monumento à Stálin

RÚSSIA – Durante as comemorações dos 74º anos do “Dia da Vitória” contra o exército invasor hitlerista, em Novosibisk, Sibéria, foi erguido um monumento solene na região central da cidade em homenagem ao camarada Stálin. O evento contou com a presença do prefeito da cidade, Anatoly Lokot, membros do Partido Comunista, sindicalistas, estudantes e outras camadas da população russa.

“Erguer o monumento ajudou a unir as forças e movimento de esquerda da cidade”, declarou Alexei Denisyuk, membro do Partido Comunista, “A ideia é relembrar a grande história do camarada Stálin na construção do socialismo na URSS e seu papel na Grande Guerra Patriótica”.

A secretária do Partido Comunista, Vera Ganzya, discursou em defesa da memória de Stálin, e pontuou à juventude que uma de suas tarefas é defender Stálin e lutar decididamente em impedir que a burguesia continue sujando sua imagem e seu legado histórico.

Ao lado do monumento foram estabelecidas pedras de granito, com poemas de Alexander Vertinsky em homenagem ao antigo Secretário-Geral do Partido Bolchevique, relembrando seus méritos com um dos principais dirigentes na construção do socialismo.

“O quão alto elevou o poder
o líder dos povos soviéticos, camaradas,
E que símbolo mundial ele criou para a pátria!”
Alexander Vertinsky

O monumento foi completamente erguido sem nenhum apoio do departamento de cultura da cidade, que se rejeitava tomar parte dessa ação. Todo financiamento veio da própria classe trabalhadora de Novosibisk – através de campanhas de finanças feita pela própria população todos os dias nas regiões centrais e praças da cidade durante vários dias.

Esses fatos evidenciam apenas que Stálin ainda tem muito prestígio entre o povo russo. Não poderia ser diferente, a classe operária russa reconhece em Stálin a si mesma, pois ele era um operário revolucionário, assim como milhões de trabalhadores no mundo. Stálin, hoje, é reconhecido como um grande líder político entre 70% do povo russo segundo levantamentos feito em abril deste ano pelo Instituto Levada.

Essa admiração não vem por qualquer razão, Stálin foi o dirigente comunista que relembra somente os maiores feitos do povo russo. Seu governo foi marcado por uma rápida industrialização, solidificação de uma poderosa base industrial que empregou e educou milhões de trabalhadores, os camponeses conquistaram suas terras que eram antes apropriadas por latifundiários ricos, as mulheres conquistaram a completa emancipação econômica, política em relação aos homens. Enfim, a fama e respeito por Stálin não podem ser apagadas assim como se apaga uma vela. Stálin vive e continuará vivendo em todo trabalhador(a) russo(a).

CAMPANHA DE FINANÇAS PARA ERGUER O MONUMENTO

REDAÇÃO – JORNAL A VERDADE

Print Friendly, PDF & Email
pvc_views:
89

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornais Internacionais

Páginas

Categorias

Especial

Links

Movimentos Sociais e Organizações