TwitterFacebookGoogle+

Mulher é baleada em ação da GCM na Cracolândia

Ação higienista do PSDB trouxe apenas mais violência para a capital paulista e não trouxe nenhuma solução concreta para o fim definitivo da cracolândia.
GCM age com violência diante de um pedido de paz – Foto: A Craco Resiste

SÃO PAULO – Em mais uma ação violenta da Guarda Civil Metropolitana da capital paulista, sob comando de Bruno Covas (PSDB), três pessoas foram baleadas e cinco detidas. Uma das vítimas, Paula Silva, foi ferida pelo disparo na região da nuca, e encontra-se em estado grave.

No território marcado por forte repressão, ocorria uma operação ostensiva da GCM quando um dos agentes apontou a arma em direção ao fluxo, dando início à uma confusão generalizada. Na tentativa de se dispersarem, muitos correram dentro do perímetro cercado pela polícia e foram alvejados pelas costas.

O prefeito de São Paulo, à serviço do capital imobiliário, dá continuidade à política de João Dória, seu antecessor, de varrer do centro da cidade aqueles que estão em situação vulnerável, e entregar esse território para a especulação imobiliária. Trata com tiro e bomba aqueles que deveriam receber tratamento médico, tudo em nome do lucro de uma minoria.

Fonte: A Craco Resiste

Print Friendly, PDF & Email
pvc_views:
55

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornais Internacionais

Páginas

Categorias

Especial

Links

Movimentos Sociais e Organizações