TwitterFacebookGoogle+

Mulheres Mirabal recebem Amelinha Teles, Criméia de Almeida e Suzana Lisboa

Mulheres se reuniram para um bate-papo sobre a Ditadura Militar fascista de 1964 e a luta contra o fascismo hoje.

Redação Porto Alegre


Foto: Jornal A Verdade

PORTO ALEGRE – Na noite de terça-feira (22), aconteceu na Casa de Referência Mulheres Mirabal, em Porto Alegre, o bate-papo “De 1964 à 2019 lutando contra o Fascismo” com a ilustre presença de Amelinha Teles, Criméia de Almeida e Suzana Lisboa, incansáveis lutadoras por memória, verdade e justiça no Brasil.

Na oportunidade, elas falaram sobre a importância da união e da organização coletiva para resistirmos em tempos de repressão e ainda, ressaltaram a importância de espaços como a Casa de Referência Mulheres Mirabal nos tempos atuais, uma casa que proporciona o debate e a emancipação das mulheres.  

Amelinha, Criméia e Suzana também dividiram suas experiências sobre combate ao machismo, a luta pela democracia, e comentaram sobre a violação dos direitos humanos no período do regime militar, algo que persiste. Apontaram também a impunidade dos militares no Brasil, responsáveis por sequestros, torturas, estupros e assassinatos.

Foi uma noite emocionante para as militantes do Movimento de Mulheres Olga Benario e todos os presentes que puderam ouvir de perto a história viva da luta feminina e a resistência contra o fascismo no nosso país.

Print Friendly, PDF & Email
pvc_views:
57

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornais Internacionais

Páginas

Categorias

Especial

Links

Movimentos Sociais e Organizações