TwitterFacebookGoogle+

Reestruturação da UNESP ameaça cursos e futuro da universidade

Cerca de 40 departamentos em toda a UNESP (Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita) serão aniquilados com a reestruturação acadêmica, administrativa e financeira definida pelo Centro Universitário. 

O estatuto da UNESP diz que um departamento não pode existir com menos de dez docentes, o que justificaria esta decisão. Porém a própria universidade não tem investido em concursos de reposição de professores desde 2014. Aqueles que se aposentam, ou se desligam da função, são substituídos por professores provisórios, não configurando vínculo de trabalho com a instituição. O Instituto de Artes, por exemplo, pede a liberação para contratação de professores para a reitoria há anos e nunca foram autorizados.

Serão comprometidas as funções de ensino, pesquisa e extensão. As medidas tomadas impedem a qualidade da produção de educação, ciência, tecnologia e o pensamento crítico. Docentes contratados anteriormente terão atribuições de trabalhos não condizentes com suas áreas de atuação e pesquisa.

Esta proposta, que já vinha sendo negociada desde o ano passado foi, numa manobra realizada pela reitoria, pautada urgentemente para decisão até 15/10/2019. No último dia 10, o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão decidiu que, caso as unidades de ensino não façam propostas de reorganização, ela será imposta pelo órgão.

Tal reforma está sendo pautada baseada num termo de compromisso ilegítimo assinado pelo Reitor da UNESP Sandro Roberto Valentini com o governador do estado João Dória. Uma vez que o reitor se propõe a atender um pedido político do governador isso fere a autonomia universitária. Com a desculpa de multidisciplinaridade e interlocução com a sociedade, a reitoria não conta à população o que, de fato, está fazendo, destruindo a qualidade do ensino. Enquanto isso, abrem-se as inscrições para o vestibular, iludindo futuros ingressantes.

Organização Estudantil do instituto de Artes da UNESP

Print Friendly, PDF & Email
pvc_views:
56

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornais Internacionais

Páginas

Categorias

Especial

Links

Movimentos Sociais e Organizações