TwitterFacebook

Categoria: Trabalhador Unido

Trabalhadores retornam do home office na Atento em São Bernardo do Campo

Os trabalhadores da empresa de telemarketing Atento iniciaram uma paralisação no dia 19 de março contra as más condições sanitárias da empresa em meio a pandemia.

Fruto dessa luta organizada pela Unidade Popular (UP) e pelo Movimento Luta de Classes (MLC), os trabalhadores conquistaram melhorias nas condições do ambiente de trabalho, transferência de vários trabalhadores para o trabalho remoto e a garantia de quarentena para quem fazia parte do grupo de risco.

Após 5 meses da mobilização, os trabalhadores que estavam em trabalho remoto estão voltando ao trabalho presencia. O Jornal A Verdade entrevistou Pedro (nome fictício) sobre a situação dos operadores e operadoras da Atento nesta tentativa de retorno.…

Leia mais

Professores do Amazonas se unem contra a reabertura de escolas

O Amazonas é o único estado do país onde as aulas presenciais retornaram. Mesmo com o governo assegurando que várias medidas de segurança foram aplicadas, vemos que na verdade todos aqueles que desejam aprender ou lecionar estão colocando em risco a si mesmos ou parente próximos.…

Leia mais

Portuários do Pará fazem greve contra retirada de direitos

O Sindicato dos Portuários do Pará/Amapá e o Sindicato da Guarda Portuária realizaram paralisação na Companhia Docas do Pará. A pauta da categoria era a manutenção dos direitos trabalhistas conquistados. Nas cidades do interior, paralisações organizadas pelos dois sindicatos ganharam força ao interromper aproximadamente 50% do efetivo.…

Leia mais

Movimento Luta de Classes organiza curso para a classe trabalhadora

No curso, além das aulas, houve falas de diversos companheiros. Foram feitas discussões de como desenvolver nos sindicatos escolas do socialismo e pensar novas maneiras de trabalhar com as bases que não se sentem contempladas pelas lutas sindicais atuais, buscando formas de união entre os trabalhadores e sociedade.…

Leia mais

As transformações do mundo do trabalho

O mundo do trabalho passa por grandes transformações. Isso acontece pela necessidade do capital de aumentar a taxa de lucros, cumprindo a tendência do sistema apontada por Karl Marx: o capitalismo tende ao aumento do custo do capital constante (máquinas, tecnologias) e a diminuição do custo do capital variável (mão de obra, pagamento aos trabalhadores). A chamada Revolução 4.0, com novas tecnologias de automação, incluindo a inteligência artificial robótica, confirmam a tese marxista.…

Leia mais

Greve dos metroviários garante direitos

Na noite do dia 27 de julho, em assembleia, os trabalhadores do Metrô de São Paulo aprovaram por ampla maioria (73,38%) que entrariam em greve a partir da meia noite daquele dia. A grande adesão da categoria à paralisação se deu depois de um processo muito longo de tentativa de negociação do sindicato com o governo do Estado de São Paulo e a direção do Metrô. A tentativa de diálogo com o secretário de Transportes Metropolitanos Alexandre Baldy e a direção da empresa já se arrastava por um mês e meio, sem nenhuma perspectiva de vitória para os trabalhadores.…

Leia mais

Marxismo e os Sindicatos: Programa de Formação na Quarentena

O Jornal A Verdade na programação de formação na quarentena irá debater o tema “Marxismo e Sindicatos”. Estamos vivendo um período de grave crise do sistema capitalista e o aprofundamento da exploração da classe trabalhadora no Brasil e no mundo. Os últimos governos no Brasil fizeram ataques aos direitos históricos trabalhistas conquistados durante décadas de lutas. A aprovação da “Reforma Trabalhista”, “Lei de Terceirização” e da “Reforma da Previdência” mostram que estamos enfrentando governos “anti-povo” como foi do golpista Michel Temer e agora o do fascista Jair Bolsonaro.…

Leia mais

Terceirizada da CPTM desconta, mas não repassa INSS de seus empregados

Por Movimento Luta de Classes – SP Funcionárias da Alternativa Serviços e Terceirização em Geral LTDA, que realizam serviços de limpeza de áreas administrativas e operacionais da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – CPTM, têm sofrido com inúmeras irregularidades da empresa. Não é de hoje que a Alternativa resolve parcelar o pagamento do auxílio-refeição e…

Leia mais

Guariba: A greve dos cortadores de cana (1984)

Depoimento do advogado Leopoldo Paulino, que viveu de perto o episódio da greve dos cortadores de Cana da cidade Guariba-SP, na região de Riberão Preto. Logo depois do encerramento da greve dos cortadores de cana de Guariba, em maio de 1984, pensei em escrever um livro sobre aquele episódio, que se traduziu na maior conquista…

Leia mais

Jornais Internacionais

Páginas

Categorias

Especial

Links

Movimentos Sociais e Organizações