UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

quarta-feira, 25 de maio de 2022

CATEGORIA

Lutas e Heróis do Povo

Sobre Stálin

Quem foi Josef Stálin e por quê seu nome, história e luta revolucionárias incomodam a burguesia internacional? Pablo Miranda Partido Comunista Marxista-Leninista do Equador EQUADOR – Durante...

MLB realiza sua 23ª ocupação durante a pandemia no Brasil

Bianca Plessym e Erick Silveira, Vitória da Conquista-BA.   Nasce, na madrugada da última quarta-feira (20), a Ocupação Manoel Lisboa de Moura, com cerca de 60...

7º Encontro NO-NE de Comitês e CMVJs José Carlos Zanetti

Os Comitês, Comissões por Memória, Verdade e Justiça(CMVJs) e demais entidades estão promovendo o 7º Encontro Norte-Nordeste.

Encontro entre terreiros e ocupações de Belo Horizonte

Encontro entre Terreiros e Ocupações de Belo Horizonte promove discussões sobre as conexões entre as ocupações urbanas e os terreiros de Umbanda e Candomblé. Redação...

Stálin recebe homenagens em todo o mundo 69 anos após sua morte

69 anos após a morte de Josef Stálin, um dos maiores líderes do proletariado mundial, os revolucionários, comunistas, jovens e trabalhadores de todo o mundo realizaram, no último dia 5 de março, homenagens ao “marechal de aço”. Na Geórgia, terra natal de Stálin, a população ergueu uma estátua em sua memória.

Antônio Conselheiro em Canudos: luta pela terra e pelo poder popular

João Coelho SÃO PAULO - No ano de 1893, no sertão da Bahia, nasceu uma das mais importantes experiências de luta do povo brasileiro em...

81 anos da morte da revolucionária Krupskaia

HERÓIS DO POVO - A líder revolucionária Nadejda Krupskaia com Soldados Vermelhos durante o período de Guerra Civil Russa, em 1920 (Foto: Reprodução/Jornal A...

Lembremos da insurreição de 1935

A insurreição de 1935 mostra que a revolução brasileira não tem nada de utópica, não é algo que só pode ser feito daqui há centenas de anos. A revolução é extremamente urgente e necessária e, acima de tudo, é possível!

Ossadas de Perus podem ficar sem destinação, espaço é ameaçado de despejo

Vivian Mendes é membro da Comissão de Familiares de Mortos e Desaparecidos Políticos e presidenta da Unidade Popular em SP No último dia 03 de...

Xica Manicongo: a primeira travesti do Brasil foi negra

Condenada à pena de ser queimada viva em praça pública e ter seus descendentes desonrados até a terceira geração pela Igreja racista e travestifóbica, Xica teve de abrir mão de quem era para ter o direito de viver – uma dor que ainda hoje se repete no país que mais mata pessoas travestis e trans no mundo.

100 anos do nascimento de Leonel Brizola

Ex-governador teve vida marcada pela luta em defesa da democracia, soberania nacional e da educação. Contra o golpismo e o imperialismo, pegou em armas,...

Recente