TwitterFacebook

Categoria: Lutas e Heróis do Povo

Polêmica fez Stálin voltar à moda, também fez Folha de S. Paulo mentir sobre ele

Não bastasse um artigo anterior repleto de mentiras, invenções descaradas e claras contradições no discurso geral, Igor Gielow aproveita do atual antiliberalismo de Caetano Veloso e da crescente fama de Domenico Losurdo, comunista italiano, para escrever um novo artigo com curiosidades sobre José Stálin.

Pior que o primeiro, o anticomunista decide usar fontes dessa vez. Teoricamente, isso enriqueceria ainda mais a veracidade de seu escrito, porém, o que seria virtude de enriquecimento teórico e proatividade literária acabou se tornando no mais cômico e nojento mau-caratismo: todas as fontes do artigo de Igor Gielow são, pasmem, Igor Gielow.…

Leia mais

Raúl Marco, uma vida dedicada à revolução na Espanha e no mundo

A história dos últimos 60 anos do movimento comunista e revolucionário na Espanha tem em Raúl Marco uma personagem de primeira linha. Comunista de ideias firmes e conduta revolucionária, Raúl, ao lado de Elena Ódena e outros camaradas, lutou contra o revisionismo e a traição do PCE de Santiago Carrillo e ajudou a fundar em 1964 o PCE (ML) e, algum tempo depois, a Frente Revolucionária Antifascista e Patriótica (FRAP), destacada organização de combate armado à ditadura fascista do general Francisco Franco.…

Leia mais

Francisco de Assis nos inspira e interpela

Em contexto de violência social, onde o poder religioso encontrava-se em conluio com os poderes econômico e político para assim oprimirem ainda mais os empobrecidos, Francisco de Assis não apenas fez Opção pelos Pobres, mas se tornou um pobre, um “menor” entre os menores.…

Leia mais

Celso Furtado, economista amigo do povo

“Você vai necessitar de apoios nessa luta dura contra privilégios e abusos de poder. Conte comigo sem reservas”. Estas foram palavras de dom Helder Câmara para Celso Furtado, ao tomar conhecimento do plano de ação para o Nordeste, apresentado pelo economista e aprovado pelo presidente Juscelino Kubitschek, em janeiro de 1959. Dois nordestinos históricos. Nesta edição, vamos falar da caminhada de Celso Monteiro Furtado em razão dos cem anos do seu nascimento, que aconteceu no dia 26 de julho de 1920 na cidade de Pombal, Alto Sertão da Paraíba.…

Leia mais

O revolucionário Malcolm X

No dia 19 de maio deste ano completaram-se 95 anos do nascimento do revolucionário afro-americano El Hajj Malik Al-Shabazz, mais conhecido como Malcolm X. Sua história de vida e de luta é muito intensa e nos ajuda a entender melhor o desenvolvimento do movimento negro nos Estados Unidos da América e no mundo.…

Leia mais

Margarida Maria Alves: “É melhor morrer na luta do que morrer de fome”

Margarida deixou-nos uma grande lição: a da coragem e da persistência. Essa coragem passou a ser a bandeira da nova diretoria do sindicato. “Trabalhadores, não vamos temer nada, a não ser a Deus; vamos lutar porque, unidos, teremos forças para derrubar a prepotência e os poderosos, que não podem ficar eternamente de cima do muro, massacrando o pobre, prejudicando e usurpando aquilo que é nosso direito.” Palavras da líder camponesa.…

Leia mais

Morre, aos 81 anos, a comunista russa Nina Andreeva

Nina Andreeva se caracterizou pela coerência política e ideológica em defesa do marxismo-leninismo e de todo seu desenvolvimento na organização da sociedade mais avançada que o mundo já tomou conhecimento, a sociedade soviética.…

Leia mais

George Floyd e a questão do racismo: do que precisamos para respirar?

A violência policial contra os pobres nos EUA (assim como no Brasil e outros países), atingindo principalmente os negros, não é novidade. Ocorre diariamente. São centenas, milhares de casos todos os anos. A causa, dizem todos, é um racismo estrutural que permanece apesar dos avanços na legislação e em políticas públicas compensatórias.…

Leia mais

De outro ponto de vista: marxismo e os povos colonizados

Por Beatriz Contelli São Paulo O que diriam os escravizados de São Domingos (Haiti), os zapatistas de Morelos (México), os revoltosos da Frente Sandinista (Nicarágua) e os quéchuas de Lima, se ao invés dos colonizadores, fossem os povos colonizados o personagem principal da História? Amplamente eurocêntrico, o processo de colonização tem como pressuposto uma dominação…

Leia mais

Jornais Internacionais

Páginas

Categorias

Especial

Links

Movimentos Sociais e Organizações