UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

quarta-feira, 25 de maio de 2022

CATEGORIA

Internacional

Guerra na Ucrânia completa 70 dias

Ucrânia e Rússia completam 70 dias de guerra com confrontos intensos. Conflito se concentrou no leste e sul do país europeu. Imperialismo russo e...

Sobre Stálin

Quem foi Josef Stálin e por quê seu nome, história e luta revolucionárias incomodam a burguesia internacional? Pablo Miranda Partido Comunista Marxista-Leninista do Equador EQUADOR – Durante...

Fascistas atiram em manifestantes no 1º de Maio, no Chile

Em Santiago, fascistas iniciaram um tiroteio no 1º de Maio, Dia Internacional dos Trabalhadores. Denúncias apontam que um carro em alta velocidade, com vidros...

Manifesto da CIPOML para o 1º de Maio

Contra a crise, a revolução social! Contra a guerra das potências imperialistas, a luta revolucionária para derrubar o domínio do capital!

UP participa de ato em homenagem à Revolução dos Cravos em Portugal

O povo Português nunca mais deixou as ruas no 25 de Abril, dia da Revolução dos Cravos em Portugal.  Raul Castro PORTO/PORTUGAL – O povo português,...

Burkina Faso: após o golpe, uma situação ainda instável

Reproduzimos artigo originalmente publicado pelo jornal La Forge, do Partido Comunista dos Operários da Franca (PCOF), sobre a situação de Burkina Faso após o golpe militar ocorrido no dia 24 de janeiro.

Eleições marcam avanço do fascismo na Hungria

Em 12 anos de governo, Orbán perseguiu comunistas, sindicalistas e demais opositores, controlou imprensa e universidades, discriminou imigrantes africanos e asiáticos e criou leis para reprimir a população LGBT.

Exército de Israel assassina jovem ativista palestino

Palestino de 28 anos foi baleado pelas forças armadas sionistas durante uma manifestação em Hebron, no sul da Cisjordânia.

Entre os imperialistas e o povo, devemos ficar ao lado do povo

Sávio Peres Loureiro - Minas Gerais INTERNACIONAL - Diante do cenário da Guerra na Ucrânia, muitos posicionamentos estão sendo tomados e dividindo a opinião pública: entre...

Guerra na Ucrânia criará grupos internacionais de mercenários fascistas

Após a invasão da Rússia, o presidente ucraniano, Volodomir Zelensky, criou a Liga de Defesa Territorial, organização paramilitar de recrutamento de “voluntários estrangeiros”, para lutar contra o exército russo. Aberta e ilegalmente, Zelensky transformou as embaixadas ucranianas em todo o planeta em centros de recrutamento. No Brasil, 500 pessoas já teriam se apresentado para ingressar nessa milícia fascista.

Países imperialistas e burguesia são os responsáveis por guerras, crises e fome no mundo

NOTA DO PCR - O governo fascista da burguesia russa despeja bombas e mísseis sobre diversas cidades ucranianas, destruindo residências e maternidades, causando a...

Recente