UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

domingo, 25 de setembro de 2022

MLB reafirma a luta pela libertação dos 5 patriotas em seu 3° Congresso Nacional

Os mais de 300 delegados de 11 estados brasileiros, presentes no 3° Congresso Nacional do MLB em Brasília, saudaram a libertação de René González e exigiram seu retorno imediato a Cuba e a libertação dos outros 4 patriotas cubanos presos nos Estados Unidos.

Com muita combatividade e alegria, os 315 delegados que viajaram horas e até mesmo dias para chegar a capital do país reuniram-se para o ato de abertura que aconteceu no Auditório Nereu Ramos, na Câmara de Deputados.

Em sua mesa de abertura composta pela Coordenação Nacional do MLB, Diretoria de grêmios da Ubes, Movimento de Mulheres Olga Benário e Partido Comunista Revolucionário, além da Presidenta da Confederação Unitária de Bairros do Equador- CUBE, Natasha Rojas, e de representantes da Caixa Econômica Federal e da Presidência da República, o Movimento reafirmou a importância da luta pela libertação dos lutadores populares no mundo, em especial dos 5 cubanos presos injustamente nos EUA e de Marcelo Rivera, presidente da Federação dos Estudantes Universitários do Equador.

Saudou-se a libertação de René González, um dos 5 patriotas, porém reiterou-se a exigência de seu imediato retorno a Cuba, já que o estado norte-americano determinou sua manutenção em Miami por mais 3 anos em liberdade supervisionada. Exigiu-se também a libertação imediata dos outros 4 cubanos que ainda seguem presos injustamente.

Quanto a Marcelo Rivera, está preso há 1 ano e 9 meses acusado de “agressão terrorista” contra o reitor da Universidade Central de Quito durante uma manifestação em defesa da autonomia universitária e por uma educação de qualidade, apesar de durante o julgamento o próprio reitor ter pronunciado frente ao juíz que sequer viu Rivera durante a manifestação. No dia 19 de setembro lhe foi negado o direito constitucional ao rebaixamento de sua sentença, mesmo este tendo sido recomendado pelo diretor do presídio de segurança máxima, conhecido como Guantánamo Equatoriana, onde ele se encontra detido.

Ao final do Congresso o MLB aprovou por unanimidade declaração de apoio e solidariedade aos 5 patriotas cubanos e a Marcelo Rivera, comprometendo-se a não descansar até que todos sejam libertados.

O Congresso aconteceu no Centro Cultural de Taguatinga, cidade satélite de Brasília, de 13 a 15 de outubro, quando as delegações voltaram para seus estados para continuar sua luta pela Reforma Urbana e pelo Socialismo.

Fonte: www.mlbbrasil.net


Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes