UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

sexta-feira, 12 de agosto de 2022

MOSTRANDO RESULTADOS PARA:

Estudantes denunciam assédio, racismo e descaso em escola de Campinas – SP

O caso ocorreu na  Escola Estadual Francisco Glicério, localizada no centro de Campinas. Após diversos casos de assédio sem nenhuma providência da direção escolar,...

Estudantes da Unicamp fazem ato em resposta a ataque nazifascista

O Jornal A Verdade denunciou o ataque criminoso realizado contra estudantes e trabalhadores negros da Unicamp, agora relatamos o ato de repúdio à intolerância...

Fascistas atacam a tiros bar tradicional de estudantes em Campinas

Na última sexta-feira,6, Homens vestindo coletes de um moto clube e roupas com símbolos nazistas realizaram um violento ataque a tiros no tradicional bar...

Trabalhadoras terceirizadas: o descaso da empresa Especialy em Campinas

Trabalhadoras terceirizadas fizeram uma paralisação para reivindicar os direitos não atendidos pela empresa Especialy, em Campinas.

Acampamento Marielle Vive, do MST, é atacado duas vezes a tiros no mesmo dia

O acampamento localizado na cidade de Valinhos (região metropolitana de Campinas) foi atacado a tiros, na madrugada do dia 10/04 (domingo), por um homem não identificado.

Prefeitura taxa trabalhador ambulante mesmo arrecadando 10% a mais em 2022

ABUSO - Trabalhadores do comércio alternativo terão de pagar taxa com aumento de 11,08%, engordando o caixa da prefeitura e da Setec, autarquia fiscalizadora....

Prefeitura de Campinas faz ação ilegal na Comunidade Feminista Menino Chorão

Vitor Daolio CAMPINAS (SP) - No último dia 5, moradoras e moradores da comunidade Menino Chorão, na região do Campo Belo, periferia de Campinas/SP, foram...

Chapa patronal tenta criminalizar oposição no sindicato dos servidores de Campinas

Erick Padovan CAMPINAS (SP) - Em setembro ocorreram eleições do STMC (Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público de Campinas), um sindicato com um largo histórico...

Mais de 41 mil famílias sofrem sem moradia digna em Campinas

As políticas neoliberais de Bolsonaro, Paulo Guedes e todos que formam a base desse governo genocida não atendem as necessidades do povo trabalhador, agravam ainda mais a crise criada graças à exploração capitalista e a retirada dos direitos da população. Sem moradia digna e sem renda fixa, ou qualquer tipo de suporte, para que possam viver uma vida livre e plena só resta ao povo a luta pelo poder popular.

Novidades