UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

sexta-feira, 19 de julho de 2024

MOSTRANDO RESULTADOS PARA:

Mais um ataque silencioso às Universidades Públicas

Em Pernambuco, todas as Universidades Públicas estão com problemas para regular o calendário acadêmico. Na UFPE e UPE, por exemplo, o período 2023.2 começa...

Correnteza e UJR crescem no Congresso da UNE e defendem jornada de lutas

O 59º Congresso da União Nacional dos Estudantes (UNE) foi realizado entre os dias 12 e 16 de julho, na UNB, em Brasília, com...

Vamos construir uma UNE de luta

Defendemos que a UNE lute por um orçamento que assegure os investimentos nas áreas sociais e a plena realização do direito à educação, do...

A Reconstrução da UNE e o enfrentamento à Ditadura Militar

A campanha pela reconstrução da UNE se confunde com a história da luta pela derrubada da ditadura militar. Em todas as assembleias, sempre que...

Isis Mustafá: “Lutamos contra a privatização da educação e pelo poder popular”

Isis Mustafa, 26 anos, é estudante de Políticas Públicas na Universidade Federal do ABC e militante da União da Juventude Rebelião (UJR) e do...

Majoritária da UNE abre mão de novos investimentos na educação 

Setores que atualmente compõem a direção majoritária da União Nacional dos Estudantes (UNE), sendo a UJS/PCdoB e juventudes do PT, encontram-se favoráveis ao Novo...

Bienal da UNE discute arte, educação e política no Rio de Janeiro

Henrique Freitas | Rio de Janeiro JUVENTUDE - Entre os dias 2 e 5 de fevereiro, aconteceu, no Rio de Janeiro, a 13ª Bienal da...

Carta: A UNE somos nós

A UNE somos nós, é a palavra de ordem para todo movimento estudantil consequente e combativo.

Estudantes cobram recomposição orçamentária das universidades

Isis Mustafá | Secretária-geral da UNE A Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR) completou 55 anos, sendo a primeira universidade federal a ser instalada no...

UJR e Correnteza participam do 48º Congresso Nacional da Federação de Estudantes Universitários do Equador

A FEUE completou 80 anos e faz parte da história do Equador, enfrentando ditaduras militares, resistindo à repressão e defendendo os interesses dos estudantes. A UJR e o Correnteza estiveram presentes através da companheira Isis Mustafa, secretária-geral da UNE, que representou as delegações internacionais no congresso.

Milhares de pessoas saem às ruas contra corte de verbas na educação e o governo Bolsonaro

Manifestações em defesa da educação pública e contra Bolsonaro ocorrem em todo país. Atos foram chamados por entidades estudantis e sindicatos. Mobilização mostra a...

Novidades