UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

sábado, 25 de junho de 2022

UJR visita Marcelo Rivera

No dia 22 de maio, visitei Marcelo Rivera, presidente da Federação Nacional de Estudantes Universitários do Equador (FEUE), que está preso há um ano e seis meses e recentemente foi transferido para uma presídio de segurança máxima na província de Sucumbios, a oito horas de Quito, capital equatoriana.

Marcelo foi preso durante uma mobilização em defesa de uma universidade democrática. Acusado injustamente de terrorismo, foi enquadrado em uma lei do período da ditadura do Equador destinada a prender militantes populares.

Em nossa visita, informamos a Rivera a campanha de solidariedade a ele que vem sendo realizada no Brasil e a nossa avaliação de que precisamos denunciar mais amplamente as ações do governo Rafael Correa para criminalizar os movimentos sociais no país.

Mas o que mais me estimulou ao visitar o companheiro Marcelo Rivera foi seu entusiasmo e sua disposição para a luta revolucionária. Vibrava quando seus companheiros passaram o informe do Congresso da Fese e dos resultados da Consulta Popular que impôs derrotas ao presidente Rafael Correa: “Estamos aqui em uma trincheira da luta revolucionaria. Assim que sair, seja agora, por bom comportamento, ou ao fim dos três anos, me integrarei imediatamente à luta com meus companheiros.”

Gregorio Gould, vice-presidenete da Ubes e militante da UJR

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes