UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

segunda-feira, 4 de julho de 2022

Estudantes cariocas organizam nova entidade

Apesar do papel de vanguarda nacional protagonizado pelos estudantes cariocas em diversos momentos da vida política do país, há anos, os grupos que dirigem a Associação Municipal dos Estudantes Secundaristas do Rio de Janeiro (Ames) abandonaram o rumo da luta e nem sequer congressos democráticos existem mais para definir a política e renovar a Diretoria da entidade.

Frente à situação, centenas de estudantes organizados pela Associação Estadual dos Estudantes Secundaristas do Rio de Janeiro (Aerj) e pela União da Juventude Rebelião (UJR) decidiram mudar essa realidade. Aproveitando a realização da etapa estadual do Congresso da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), os estudantes cariocas presentes decidiram construir uma nova entidade representativa, a União Municipal dos Estudantes Secundaristas do Rio de Janeiro (Umes).

Eleita presidente da comissão pró-Umes, a estudante Juliana Alves afirmou que a discussão sobre uma educação de qualidade passa pelo fim do pagamento da dívida pública e pelo investimento de 10% do PIB no setor.  Já Carlos Henrique Vieira, presidente da Aerj, afirma que “é fundamental para o desenvolvimento das lutas no Estado do Rio de Janeiro que haja uma entidade forte e democrática na Capital”.

O congresso de fundação da nova entidade será no 1º semestre de 2012 e significará um novo momento para o movimento estudantil carioca e também nacional, um importante passo para organização dos estudantes brasileiros, resgatando parte importante de sua tradição de luta.

Caroline Gomes, da Comissão Pró-Umes

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes