UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

domingo, 25 de setembro de 2022

Nota do MLC à greve dos policiais e bombeiros militares do Ceará

Todo apoio à greve dos policiais e bombeiros militares do Ceará!

Desde 29 de dezembro de 2011, mais de 10 mil policiais e bombeiros militares cearenses estão de braços cruzados. Num ato de rebeldia e coragem, a categoria decidiu pela paralisação enfrentando a hierarquia militar, a justiça (que em pouco tempo decretou a ilegalidade da greve) e a intransigência do governo do Estado do Ceará. Na verdade esses servidores públicos estaduais tem sofrido nas mãos do Sr. Cid, que, arrogante e prepotente, durante meses não garantiu nenhum avanço das negociações, e obrigou a categoria paralisar.

Porém, não foi um privilégio dos militares. Praticamente todas as categorias do serviço público estadual paralisaram em 2011 suas atividades: professores, médicos, justiça, servidores da saúde, policiais civis. Estes últimos, após 2 meses de greve não conseguiram negociar, e foram obrigados a retornarem quando o governo cortou os salários e a justiça decretou a ilegalidade do movimento. Agora, em apoio aos militares, os policiais civis decidiram retornar a greve.

Fica mais do claro quem é o responsável por tudo isso: CID GOMES! Esse mesmo Sr., chamado de Hitler do Ceará, não possui nenhum tipo de compromisso com o serviço público de qualidade. Numa tentativa de ludibriar o povo cearense, criou diversas obras, aprovou a construção de edificios suntuosos e ainda afirma novos investimentos nas áreas de infraestrutura e turismo. Aprovou a criação de um aquário turístico no valor de 200 milhões de reais, realizado com dinheiro público mas entregue à iniciativa privada para exploração comercial. Além disso, como forma de dar uma imagem de eficiência comprou ilegalmente ‘HILUX’ no valor de 140 mil reais com bancos de couros para a polícia militar. Em outras palavras, tudo ‘para inglês ver’. Nada de melhoria de salários dos servidores, somente UM IMAGEM RENOVADA do governo.

Mas, como nada dura para sempre, a máscara já caiu. Após anos sem aumento, os policiais assim como os outros servidores decidiram LUTAR. Atualmente, centenas deles estão aquartelados, mobilizados, juntamente com suas esposas e familiares, convocando os demais para aderir à paralisação. Praticamente todas as viaturas (essas mesmas HILUX) tiveram seus pneus esvaziados e estão amontoados especialmente na 6ª companhia do 5° Batalhão de Fortaleza. O movimento já tem adesão dos principais municipios do interior: Sobral, Iguatu, Juazeiro do Norte, Barbalha, Quixadá, entre outros.

Em apenas cinco dias, esse mesmo intransigente CID GOMES foi obrigado a negociar pois a cidade de Fortaleza se tornou um caos. O medo se espalhou pela capital, a população não consegue sequer sair de casa, comércio fechado, repartições públicas com expedientes reduzidos, e, o mais importante, funcionários dos Correios paralisaram (em apoio, mas alegando insegurança); os guardas de transito do mesmo jeito, e os rodoviários provavelmente também entrarão em greve nos próximos dias. Isso prova que a solidariedade dos trabalhadores é TOTAL, mesmo sabendo que muitas categorias são reprimidas pelos policiais (e que estes cumprem a repressão por obrigação hierárquica e institucional).

Não há dúvida de que esse é o caminho de todos os trabalhadores cearenses: LUTAR, LUTAR MAIS, LUTAR SEMPRE. Parabéns aos policiais! Todo apoio e solidariedade aos que enfrentam os patrões capitalistas, seu exército, seus generais e seu Estado corrupto, governado por um capacho dos grandes empresários.

Vamos JUNTOS que a vitória é certa.

Todo apoio à pauta de reivindicações:

ANISTIA AMPLA E TOTAL PARA OS GREVISTAS!

80% DE AUMENTO PARA OS POLICIAIS CEARENSES!

REDUÇÃO DA JORNADA PARA 40 HORAS SEMANAIS!

MOVIMENTO LUTA DE CLASSES – CEARÁ

NOTA DE COMPLEMENTO

VITÓRIA: GOVERNO ATENDE À PAUTA DOS GREVISTAS!

Depois de muitas negociações, GOVERNO DO ESTADO E POLICIAIS E BOMBEIROS MILITARES redigiram um documento que, em seguida, foi levado aos manifestantes acampados na sede da 6ª Companhia do 5º BPM (Antônio Bezerra). Assinado pelas partes, garante anistia a todos os policiais e bombeiros militares que participaram do movimento, livrando-os de qualquer processo disciplinar e administrativo, bem como da instauração de inquéritos por violação ao Código Penal Militar e ao Estatuto dos Militares do Ceará.

Outro ponto acertado foi a incorporação definitiva nos salários de toda a tropa da PM e dos Bombeiros da gratificação no valor atual de R$ 920,18, que vinha sendo paga somente aos PMs que trabalham no turno C (das 6 às 22 horas). Desse modo, o salário de um soldado (posto mais baixo da corporação) será de R$ 2.634,00, retroativo ao dia 1º de janeiro de 2012.

O governo do Estado também aceitou um reajuste no valor do vale-refeição para policiais e bombeiros, que será de R$ 224,00 por mês. Os ganhos vencimentais estabelecidos no acordo serão estendidos aos inativos e pensionistas das duas corporações militares.

O documento também estabelece que a jornada de trabalho será de 40 horas semanais, podendo, de acordo com a necessidade da Corporação, serem fixadas horas-extras.

Outro item estabelecido foi a criação, no prazo de 30 dias, de uma comissão com formação paritária entre os representantes do governo e das quatro associações que congregam os militares, para formular, em 90 dias, novas regras sobre a tabela salarial, discussão de horas-extras, implantação de novo modelo para promoções e reforma no Código de Ética e Disciplina da PM, para evitar casos de assédio moral, já que os praças reclamam de constantes abusos por parte de seus superiores.

Fonte: Diario do Nordeste 4/01/12

Outros Artigos

3 COMENTÁRIOS

  1. isso é mas uma prova que os explorados do nosso pais não estão nem um pouco satisfeito com esse sistema capitalista.

    só com lutar a conquista.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes