UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

quarta-feira, 6 de julho de 2022

Meio-passe em Belo Horizonte é ampliado, mas ainda falta mais!

Fruto da pressão da Associação Metropolitana dos Estudantes Secundaristas da Grande Belo Horizonte (Ames-BH), no dia 6 de fevereiro, a Prefeitura da Capital mineira anunciou que todos os estudantes do ensino médio poderão ter meio-passe, acabando, assim, com a regra de que só estudantes atendidos por algum programa social poderiam ter garantido este direito. Essa foi uma importante vitória do movimento estudantil frente à burocracia criada pela Prefeitura para não tirar do papel a Lei Municipal 10.106, de 21 de Fevereiro de 2011, que garante meio-passe para todos os estudantes, seja de ensino fundamental, médio ou superior, de instituição pública ou particular.

Porém, nem tudo está resolvido. Mesmo com esse avanço, ainda existem muitas questões pendentes. A Prefeitura anunciou financiamento para 16 mi alunos, mas quer, com isso, enganar a sociedade, já que só no ensino médio público de BH são mais de 90 mil jovens. Além de não cumprir a lei do meio-passe para todos os estudantes, a PBH ainda mantém o aumento absurdo das passagens.

Diante dessa situação, no último dia 16, mais de 500 estudantes organizados pela Ames e diversos grêmios estudantis pararam as ruas do Centro de Belo Horizonte, realizando mais uma manifestação pelo MEIO-PASSE ESTUDANTIL PARA TODOS OS ESTUDANTES e contra o aumento das passagens.

Redação MG

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes