UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

quinta-feira, 30 de junho de 2022

Educação Pública x Educação Privada

O Brasil ocupa o 53º lugar em educação, entre 65 países avaliados no mundo. Sabemos bem que a educação não é prioridade para os governos, e prova disso é que aumenta a cada dia o grau de sucateamento das escolas. O pior de tudo é que rios de dinheiro são desviados dos cofres públicos para empresas privadas do setor da educação, a exemplo do sistema S (Senai, Sesi, Senac), ainda o ProUni e o Pronatec, aos quais o governo federal repassa enormes quantias de verbas públicas sob pretexto de dar oportunidade às pessoas que não conseguiram uma vaga em instituições públicas. O fato é que todo esse dinheiro, se investido no setor público, ampliaria o número de novos estudantes do ensino técnico.

O Estado do Piauí vem se destacando pelo fato de suas escolas receberem títulos tão diferentes como a Escola Dom Barreto, em Teresina, que está entre uma das melhores do Brasil, enquanto a Escola Municipal Francisco José dos Santos, em Santa Rosa do Piauí, é considerada a terceira pior do país. Atualmente as Secretarias de Educação do Estado e da cidade de Teresina são administradas por empresários, donos de escolas e universidades particulares, e uma de suas estratégias é sucatear cada vez mais a educação pública para aumentar seus lucros.

E como é o povo que sempre fica com o ônus, o Estado continua em segundo lugar no ranking dos Estados brasileiros com o maior número de jovens e adultos analfabetos, totalizando 563 mil pessoas.

Natália Santos, estudante do Liceu Piauiense e militante da UJR

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes