UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

sábado, 25 de junho de 2022

Manifesto do PCR ao povo de Salvador: Não à corrupção e ao autoritarismo!

É profundamente injusta a situação em nossa cidade. Enquanto uma minoria vive bem, tem segurança nos seus bairros, transporte particular, mora em mansões e em bairros com toda a infraestrutura, a maioria da população vive em condições precárias, paga aluguéis caros, anda em ônibus velhos e lotados e tem uma das passagens mais caras do país. Na realidade, todos os dias somos humilhados nos pontos lotados sem proteção contra o sol e a chuva e com a longa espera.

De fato, a maioria dos soteropolitanos não tem acesso a esgoto, milhões vivem sem moradia digna e 40% da área urbana é composta de favelas. Na Saúde, até para conseguir uma consulta somos obrigados a enfrentar enormes filas e muitos morrem por falta de leitos nos hospitais.

Mas essa situação não é assim por caso. É fruto de um injusto sistema econômico, o capitalismo, e de décadas de desgoverno do Sr. Antônio Carlos Magalhães e de sua família. Enquanto eles ficavam ricos, a população ficava cada dia mais pobre e os serviços públicos eram sucateados.

Agora, fantasiado de novo, ACM NETO quer ser prefeito de Salvador para governar contra os pobres e favorecer os ricos. Afirma que vai investir na educação, na saúde e na habitação, mas não diz onde foi gasto o dinheiro que o povo pagou de imposto quando sua família estava no governo e tenta esconder que é favor da ditadura e da repressão contra os estudantes.

Não podemos esquecer que há 10 anos, quando os estudantes realizaram diversas manifestações democráticas pedindo a cassação do senador Antônio Carlos Magalhães, envolvido num conhecido episódio de violação do painel do Senado e quebra do sigilo do voto de parlamentares, ACM e seu grupo político mandaram a Policia Militar invadir a Universidade Federal (UFBA). Isso ocorreu no dia 16 de maio de 2001: a Polícia de Choque percorreu as ruas de Salvador e mesmo diante de um Mandado Judicial expedido pela Justiça Federal, a Tropa de Choque da Polícia Militar invadiu a Faculdade de Direito, jogou bombas de gás lacrimogêneo, atirou no povo com balas de borracha, gás de pimenta, cavalos e toda parafernália repressiva. Os estudantes e sindicalistas buscavam se refugiar em caçambas de lixo e nas faculdades de medicina, de administração e de educação. Mas a polícia atirava dentro dos prédios. Nem mesmo durante a ditadura militar, a UFBA tinha sido tão violada.

Será dessa forma, que o ACM Neto irá tratar os movimentos sociais em Salvador?

Claro que sim! Está no sangue dele e essa é a forma de fazer política que ele aprendeu com seu avô. De fato, como já deixou claro em várias entrevistas, ACM Neto é favorável ao fim das cotas nas universidades. Em sua campanha reacionária, ataca os movimentos sociais, mas se cala frente aos lucros das empresas multinacionais, das empreiteiras e da máfia dos transportes. ACM Neto comanda hoje um projeto que foi do avô dele e que prioriza benefícios próprios.

Portanto, com ACM Neto na prefeitura é a volta da política de tudo para os ricos e nada para os pobres, não teremos democracia para reivindicar os nossos direitos e a corrupção e a injustiça serão ainda maiores. Com certeza, se o DEM, o partido dos amigos de Cachoeira, vencer a eleição, a situação em Salvador ficará ainda pior.

Basta! Queremos o fim das injustiças e não a continuidade delas. Queremos uma cidade onde todos tenham direitos e que o povo seja tratado com respeito e dignidade.

Nós, comunistas revolucionários, lutamos para melhorar as condições de vida do povo e não para piorá-las.

Por essas razões, o Partido Comunista Revolucionário (PCR), partido fundado pelo revolucionário Manoel Lisboa, assassinado pela ditadura militar em 1973, e a União da Juventude Rebelião (UJR) convocam todos os trabalhadores e a juventude para votar em Nelson PELEGRINO, do PT, para prefeito de Salvador, pois ele defende um projeto democrático e popular: uma Salvador para todos, em oposição ao projeto elitista e excludente do carlismo.

Dia 28 de outubro, vamos derrotar o candidato da extrema-direita e do imperialismo e eleger Pelegrino prefeito.

O PCR vive e luta! Viva o socialismo

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes