UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

segunda-feira, 3 de outubro de 2022

Mercenária cubana não é bem-vinda na Bahia

 Yoani passa vergonha na BahiaA turnê da blogueira Yoani Sánchez pelo Brasil fez uma escala na cidade de Feira de Santana, na Bahia, onde ocorreu, no dia 18 de fevereiro, um evento em sua homenagem, que contou com a presença inesperada de cerca de 50 manifestantes. Com cartazes, faixas e panfletos, puxaram palavras de ordem em defesa de Cuba e contra as mentiras e distorções difundidas por Yoani no seu blog e no Twitter.

Os militantes do Partido Comunista Revolucionário e da União da Juventude Rebelião foram representados por Iracema Santos, que esteve presente na mesa do debate e perguntou à mercenária qual a sua opinião sobre a base de Guantánamo, cobrou seu empenho em divulgar em seu blog notícias do bloqueio econômico imposto a Cuba pelos EUA e denunciou a situação dos cinco patriotas cubanos, que se encontram encarcerados injustamente nas prisões norte-americanas. Infelizmente, a blogueira não respondeu a nenhuma das perguntas nem disse nada a respeito de sua relação com a Seção de Interesses Norte-Americanos (Sina).

Yoani saiu do seu país para ver em outros, inclusive no Brasil, o que não existe em Cuba: crianças desnutridas pedindo esmolas e morando nas ruas. Poderíamos listar várias mazelas sociais impostas pelo sistema capitalista que ela tanto defende e quer que retorne a Cuba Livre.

Sua grande bandeira de liberdade de expressão é uma falácia, já que no capitalismo, em 2012, 141 jornalistas foram assassinados em 29 países, mas nenhum em Cuba. Temos certeza de que ela se lembrará de que, em nosso país, os inimigos do povo cubano não são bem-vindos.

Victor Aicau Pires, militante do PCR.

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes