UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

sábado, 3 de dezembro de 2022

Guardas fascistas atacam integrantes do movimento “O vale Acordou”

Guardas não perdoam ninguémNo dia 29 de julho, completaram 14 dias de um acampamento em frente a prefeitura de Petrolina-PE realizado pelo movimento “O Vale Acordou”. Graças a ajuda da população, que apoiou o movimento desde seu inicio, eles se mantiveram firmes e fortes.

Mas quem diria que no mesmo dia em que o movimento conseguiu falar com o governador Eduardo Campos, eles seriam atacados covardemente por Guardas Municipais que a mando do prefeito Júlio Lossio (PMDB) atacaram na calada da noite com cassetetes, spray de pimenta e até mesmo com armas de choque.

Uma das muitas pessoas que foram vitimas dessa violência foi Sammara Oliveira, militante da União da Juventude Rebelião. Ela só conseguiu ser retirada desmaiada daquela selvageria. Depois de terem seus bens levados pelos guardas o movimento decidiu ocupar novamente a prefeitura mais agora com a ajuda da população eles vão desmascarar a corrupção que atinge Petrolina.

Mas que pena prefeito o seu golpe saiu pela culatra, o movimento se fortalece a cada momento e não será a sua Guarda Municipal fascista que irá impedir a população de reivindicar seus direitos como cidadãos. Está na hora do povo se unir não só contra a máfia do transporte que tem em Petrolina mais também contra a corrupção que ainda é forte em nossa cidade.

Leonildo Santos
Militante da UJR

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes