UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

quinta-feira, 29 de setembro de 2022

Coordenador do MST – PE é assassinado com 20 tiros

congresso da UESPE 2No ultimo dia 19 de setembro, foi assassinado covardemente com 20 tiros o coordenador do MST – PE, Aldo Soares da Silva tinha 35 anos e era mais conhecido como “Bode”. O crime ocorreu no acampamento Maria Paraíba, onde Aldo acompanhava no município de São Lourenço da Mata-PE.

O fato, que não foi divulgado na grande mídia burguesa, foi revelado durante a participação do vereador de Olinda Marcelo Santa Cruz (PT) no 12º Congresso da União dos Estudantes Secundaristas de Pernambuco (UESPE), e revela o que os grandes latifundiários são capazes de qualquer medida para impedir o avanço da reforma agrária, a exemplo de matar trabalhadores e lideranças que lutam pela Reforma Agraria.

O Congresso comprometeu-se em aprovar uma moção de repúdio à violência contra o coordenador do MST exigindo o fim da impunidade dos criminosos a serviço do latifúndio e do capitalismo. Segue abaixo a moção aprovada na plenária final do 12º Congresso da UESPE, realizado em Recife-PE nos dias 20 e 21 de setembro.

Nos estudantes pernambucanos, participantes do 12º congresso da UESPE, repudiamos a violência dos grandes latifundiários, que tentam a todo custo parar a luta dos camponeses pobres do nosso país, a sua ultima investida nessa luta desigual para frear os interesses do povo foi o assassinato do companheiro Aldo Soares da Silva, coordenador do MST em São Lourenço da Mata e Paudalho, no dia 19/09/2014.

Aldo  foi assassinado covardemente com 20 tiros. O crime ocorreu no assentamento Matriz da Luz, onde Aldo residia no município de São Lourenço da Mata.

Os grandes latifundiários são capazes de fazer de tudo para impedir o avanço da reforma agrária: matam trabalhadores e lideranças da luta por mais igualdade na partilha da terra. É preciso que se investiguem os mandantes e os executores deste cruel assassinato e que se puna os responsáveis.

Toda a nossa solidariedade e fraternidade com a luta dos camponeses pobres e com os familiares do companheiro Aldo!

 

Redaçao – PE

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes