UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

quinta-feira, 30 de junho de 2022

Milhares de metalúgicos entram em greve na Turquia

19977Cerca de 5000 metalúrgicos da fábrica da Renault na cidade de Bursa entraram em greve na Turquia desde a meia-noite do dia 14 de maio. Milhares de trabalhadores de outras fábricas, incluindo Tofaş, uma joint venture do conglomerado industrial Turco Koç Holding, Coşkunöz e FIAT, também entraram em greve em apoio aos trabalhadores da Renault na última sexta. A fábrica da Renault em Bursa produz normalmente cerca de 400 carros por cada turno. Bursa é a quarta maior cidade da Turquia e centro da indústria automobilística no país.

A luta dos metalúrgicos por melhores condições de trabalho vem se fortalecendo desde 2012, quando milhares de trabalhadores da fábrica alemã Bosch se retiraram do sindicato Türk Metal (membro da Confederação Turca de Sindicatos, TÜRK-İŞ) por que esse sindicato abandonou a luta pelos direitos dos trabalhadores. Vários protestos se seguiram após essa decisão e levaram a realização de um fórum interno com várias fábricas para a realização de ações autônomas.

Os trabalhadores da Renault, que lutavam contra os baixos salários, demandaram que um dos executivos da fábrica desse resposta a suas reinvidicações, mas foram ignorados por mais de um mês. A inércia do sindicato dos Metalúrgicos (Türk Metal) também foi denunciada.Um acordo de trabalho foi assinado para o período de 2014-2017 entre o Türk Metal e o sindicato dos patrões, União Industrialista do Metal da Turquia (MESS, sigla em Turco), oito meses atrás.

No entanto, os trabalhadores continuaram reivindicando melhorias e as mesmas condições de trabalho que foram conquistadas pelos trabalhadores da Bosch, local onde o sindicato Türk Metal também dirige e um aumento de 60% foi conquistado. O contrato de trabalho na fábrica da Bosch foi renovado em Dezembro de 2015.

As demandas dos trabalhadores da Renault são as seguintes:

– Uma renogociação do contrato de trabalho com base no acordo da Bosch.
– Liberdade de filiação sindical através de processos democráticos. Garantia de estabilidade no trabalho para quem se desfiliou do sindicato Turk Metal.
– Retirada imediata dos funcionários do sindicato Turk Metal das fábricas.

Elif Gorgu, Istambul (http://www.evrensel.net/).

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes