UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

terça-feira, 5 de julho de 2022

Servidores federais promovem marcha a Brasília

att_1436280605462_img-20150707-wa0004

No último dia 7 de julho, ocorreu em Brasília mais uma marcha nacional dos servidores públicos federais. Ao todo, mais de 5 mil trabalhadores e estudantes tomaram as ruas da capital federal para pressionar o governo a atender as reivindicações das apresentadas pelas entidades do funcionalismo público federal.

A manifestação ocorreu no mesmo dia da reunião de negociação entre o ministério do Planejamento e o fórum dos servidores públicos federais.

A FASUBRA, que representa os técnicos administrativos das universidades, mobilizou mais de 2.500 trabalhadores de sua base para o ato. “A presença maciça da categoria aqui é resultado da indignação com o descaso do governo com as nossas reivindicações. Estamos há um mês em greve, e até agora, o governo só apresentou uma proposta de reajuste rebaixada, que não cobre nem a inflação, e ainda seria parcelado em 4 vezes, começando em 2016 e apenas terminando em 2019”, disse Rafael Coletto, diretor do Sintufrj e militante do MLC.

img-20150707-wa0005 (1)

Proposta amplamente rejeitada

Além da FASUBRA, todas as demais entidades que fazem parte do fórum rejeitaram a proposta do governo, apelidada de “Casas Bahia” por ser parcelada em várias vezes, e afirmaram que não aceitarão um acordo abaixo da inflação e que ainda amarraria os sindicatos pelos próximos quatro anos.

Diante da negativa das entidades sindicais, o governo se comprometeu a apresentar uma nova proposta que atenda todos os itens da pauta, como benefícios e melhoria nas carreiras, até o dia 21 de julho.

“O movimento está no rumo certo. Vamos seguir na luta, fortalecendo a nossa greve e promovendo manifestações ainda maiores. Esse é o caminho da vitória”, concluiu Coletto.

Da Redação

 

 

 

 

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes