UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

domingo, 26 de maio de 2024

Com quase 70 escolas ocupadas, governo de São Paulo sente pressão do movimento em defesa da educação

ESCOLA OCUPADAEm uma reunião de conciliação que ocorreu hoje entre o governo do Estado de São Paulo e representantes do movimento de escolas ocupadas, o secretário de educação Herman Voorwald deu demonstrações de que o governo tem sentido a pressão da força do movimento. Tentando desmobilizar as ocupações, Herman afirmou que algumas escolas poderiam ter seu fechamento rediscutido caso a comunidade desocupe o prédio.

Em uma manobra combinada com a Folha de São Paulo, chegou a ser divulgado durante a tarde que o governo recuaria no plano de fechar as escolas. Mas a própria imprensa foi obrigada a desmentir a notícia no fim do dia.

A verdade é que o movimento de ocupações de escolas ganha a cada dia mais força e apoio na sociedade. Diante da atitude ditatorial do governo Alckmin de fechar equipamentos públicos sem consulta à comunidade, a ocupação dos prédios é uma atitude justa e democrática.

No momento em que o todo poderoso governador do estado já começa a sentir a força dos estudantes, professores, mães e pais organizados é necessário aumentar ainda mais a determinação de ocupar e resistir, aumentando a solidariedade e a divulgação do movimento de ocupações de escolas.

Redação, São Paulo

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes