UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

sábado, 2 de julho de 2022

Prefeitura de Natal quer aprovar Plano Diretor de forma antidemocrática

O prefeito de Natal, Álvaro Dias (PSDB), está tentado aprovar um novo Plano Diretor para a cidade, o qual deixa explícita sua política elitista e antipovo. A proposta atende somente aos interesses dos ricos e ignora as periferias, o que vai agravar o déficit habitacional.

No dia 25 de janeiro, foi utilizada a repressão policial contra o Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB), impedindo as famílias de participarem das eleições de delegados representantes de movimentos sociais atuantes na capital potiguar. Além disso, a Prefeitura decidiu não incluir na lista de candidatos os delegados do MLB, mesmo estes tendo participado de todo o processo e cumprido todos os requisitos necessários.

Após resistência por parte do movimento, a pré-conferência foi suspensa e remarcada para 10 de fevereiro. O MLB entrou na Justiça com um mandado de segurança para garantir sua representação e participação na votação. O movimento espera que a Justiça acolha o mandado e suspenda novamente a pré-conferência que ocorreu, pois é dever do Município garantir que o processo de revisão do Plano Diretor seja participativo, já que o mesmo impacta diretamente na vida de todos os cidadãos.

“Como não pudemos nos candidatar, votamos em pessoas comprometidas com o direito à cidade, mas ainda aguardamos a apreciação do mandado de segurança, porque é impossível discutir a cidade sem debater com o MLB. Nós temos essa preocupação com o Plano Diretor. A Prefeitura sabe que nós não concordamos que só melhorem os bairros do principal corredor de veículos da cidade. Nós queremos que melhorem também a periferia”, afirmou Marcos Antônio, coordenador estadual do MLB.

Ezequias Rosendo

 

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes