TwitterFacebook

MLB-PE realiza atos na Jornada Nacional de Lutas

Hoje, 16 de julho, está sendo realizada a Jornada Nacional de Lutas pelos movimentos populares urbanos para pedir mais agilidade na vacinação contra a COVID-19 e na politica habitacional, além de denunciar à sociedade os graves retrocessos políticos, econômicos e sociais por que passa o país. O ato tem como lema “Vacina no Braço, Comida no Prato, Moradia Popular e Fora Bolsonaro” e acontecerá em pelo menos 10 estados brasileiros.

Além do MLB (Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas), estão na articulação a CMP (Central dos Movimentos Populares), a CONAM (Confederação Nacional das Associações de Moradores), o MNLM (Movimento Nacional de Luta pela Moradia), o MTD (Movimento de Trabalhadores e Trabalhadoras por Direitos) e a UNMP (União Nacional por Moradia Popular).

Em Pernambuco, o MLB realizou duas atividades, sendo a primeira delas por volta das 06h com o fechamento da BR-101 nas imediações da Estação Barro, em Recife. A atividade contou com a presença de mais de 200 famílias que vivem em situação de insegurança social, agravada devido à pandemia gerada pelo Coronavírus. Sem nenhum tipo de ajuda por parte dos governantes das esferas federal, estadual ou municipal, as famílias não tiveram outra saída senão partir para a luta. A segunda atividade ocorreu em conjunto com a CMP e com o MTD, por volta das 09h, na cidade do Cabo de Santo Agostinho, em frente à prefeitura da cidade. Nesta atividade, foi reivindicado o pagamento do auxílio emergencial para as famílias pobres e mais agilidade nos projetos de construção de moradia popular na cidade.

Além da pauta nacional, foi feita a denúncia do menosprezo do governo estadual, citando o caso do habitacional Mulheres de Tejucupapo, em Recife. Com previsão para a construção de 272 unidades habitacionais e infraestrutura básica, esta obra está em andamento há mais de 10 anos. Desde o ano de 2007, com a ocupação do terreno, que as famílias lutam por este direito, mas até hoje não têm previsão de conclusão do habitacional no bairro da Iputinga pelo governo estadual de Pernambuco liderado por Paulo Câmara (PSB).

Segundo o coordenador nacional do MLB-PE, Davi Lira, a estimativa é de que hajam mobilizações e atos nas cidades de  Ananindeua (PA); Belo Horizonte (MG); Goiânia (GO); João Pessoa  e Bayeux (PB); Natal (RN);  Porto Alegre (RS); Rio de Janeiro (RJ); Salvador (BA) e São Paulo (SP). Essa mobilização através de todo o Brasil comprova que apenas com a luta coletiva as demandas populares serão ouvidas e aceitas.

Redação PE

Print Friendly, PDF & Email
classic-editor-remember:
classic-editor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornais Internacionais

Páginas

Categorias

Especial

Links

Movimentos Sociais e Organizações