TwitterFacebook

Recomendação de leitura: Poema Pedagógico

           

Vitória Louise, Salvador, Bahia.

O Poema Pedagógico é um relato da vasta experiência do pedagogo ucraniano Anton Semionovich Makarenko (1888 – 1939) durante o período em que ele dirigiu uma instituição responsável pela reintegração social de jovens soviéticos marginalizados que ficou conhecida como Colônia Gorki.  A Colônia Gorki foi uma instituição pedagógica encarregada de transformar menores infratores e menores abandonados em trabalhadores e cidadãos exemplares da nova sociedade revolucionária da União Soviética dos anos 20 do século passado.

Makarenko, um pedagogo recém formado recebe do novo governo revolucionário a missão de assumir um orfanato com inúmeros problemas, desde problemas estruturais até problemas de relação entre a juventude que ali chega. A história se passa na recém-criada União Soviética, mais precisamente da Ucrânia, logo após a revolução Russa de 1917, iniciando-se em 1923.

Nessa história, apesar das condições adversas, o trabalho coletivo entre educandos e educadores supera qualquer condição dura, além de nos mostrar também como o tempo é um dos elementos chaves para a construção coletiva e o desenvolvimento das relações que possibilitam o avanço da integração dos jovens ao trabalho e ao estudo. A vontade e ímpeto revolucionário dos personagens demonstram que a união da humanidade em prol do desenvolvimento de uma nova sociedade é possível, além de destacar a importância da juventude para o combate das ideias atrasadas. Uma obra que merece a atenção de todos os educadores.

O professor Makarenko foi  um dos maiores educadores de todos os tempos. Um homem corajoso e humanista capaz de desafiar as adversidades e dúvidas da Rússia pré-revolução e impor seu método bolchevique de educação, capaz de mudar a vida condenada de uma diversidade impressionante de jovens e dar-lhes o fruto da esperança.

No desenvolvimento da obra, mostra-se a importância da organização de um polo de Komsomols dentro da própria república Gorki. Os komsomols são a juventude comunista da União Soviética, onde seus membros assumem as tarefas da juventude do Partido Comunista Bolchevique. Logo, os jovens mais dedicados aos trabalhos de construção da Colônia Gorki tornam-se membros do komsomol, realizando também o trabalho político e ideológico dentro da Colônia.

Os feitos realizados pela Colônia Gorki são inúmeros. A obra mostra o desenvolvimento da primeira geração de jovens que ingressa e como as condições de diálogo eram difíceis. Mas que vão se construindo com o enfrentamento das condições adversas, diálogos coletivos, exemplos práticos e a construção da confiança mútua. Conforme os novos ingressos vão adentrando na Colônia (cada qual com a sua história de vida), as linhas das vidas vão se cruzando ao ponto de poder construir um polo de educação vivo – a Colônia Gorki não era apenas uma colônia, mas um órgão vivo do poder soviético onde os jovens tinham a opção de aprender com os seus erros e a oportunidade de construção de uma nova perspectiva de vida, a vida de uma sociedade socialista em construção.

É uma lição máxima sobre educação, é um poema em forma de diálogos em prosa.

Poema Pedagógico de Anton Makarenko deve ser lido por todos aqueles que acreditam em uma sociedade nova, sobretudo os que realizam um trabalho com a juventude e pretendem seguir trilhando os caminhos da educação da nova mulher e do novo homem comunistas.

Print Friendly, PDF & Email
classic-editor-remember:
classic-editor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornais Internacionais

Páginas

Categorias

Especial

Links

Movimentos Sociais e Organizações

%d blogueiros gostam disto: