UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

quinta-feira, 11 de agosto de 2022

Estudantes realizam encontro e fundam entidade em Passo Fundo/RS

Foto: Jornal A Verdade

Redação RS

No dia 4 de dezembro, foi realizado na cidade de Passo Fundo o I Encontro de Estudantes da Região Norte do Estado do Rio Grande do Sul com o objetivo de debater as principais demandas da juventude e organizar as lutas na região. O encontro contou com a participação de estudantes de diversas escolas, institutos federais e universidades. 

Na parte da manhã, foi realizada a mesa de abertura e um debate sobre a conjuntura. A mesa foi presidida pela companheira Maria Fernanda Kemmerich, representando o Movimento Correnteza e contou com a presença de Sam Paz, secretária-geral da União Estadual de Estudantes do Rio Grande do Sul – UEE/RS; Leonardo de Carvalho, diretor da Federação Nacional de Estudantes de Ensino Técnico – FENET; Laryssa Mattias Ferreira, representando o Movimento de Mulheres Olga Benario, Thainá Battesini, professora do estado, da coordenação estadual do Movimento Luta de Classes – MLC; Eva Valéria, vereadora de Passo Fundo (PT); Priscila Voigt, presidenta estadual da Unidade Popular – UP e Marcos Vinícius Colle, presidente do DCE da IMED, universidade que sediou o evento. Na mesa de conjuntura, esteve presente o companheiro Carlos Henrique, representando a União da Juventude Rebelião – UJR e foi realizado um debate sobre a realidade da juventude, sobre como enfrentar as dificuldades colocadas pela pandemia na educação e pelos diversos momentos da vida dos estudantes, bem como sobre a necessidade de unir a juventude para derrubar o governo Bolsonaro e derrotar o fascismo. 

Foto: Jornal A Verdade

Foram realizadas ainda diversas intervenções artísticas, incluindo declamação de poemas e apresentação musical. Após o almoço, realizaram-se grupos de debate de variados temas como o combate às opressões, o acesso à universidade, o direito à cidade, o acesso à cultura, esporte e lazer, o direito ao passe livre estudantil, o movimento estudantil e a necessidade de se organizar e construir os grêmios estudantis, diretórios e centros acadêmicos e DCEs. 

Com muito debate político e animação, os estudantes aprovaram propostas de todos os temas debatidos e as lutas a serem realizadas no próximo período e em seguida decidiram fundar a União Passofundense de Estudantes (UPE) – Albertina Rosado*, para terem uma ferramenta de defesa dos estudantes de Passo Fundo e região. Após a aprovação da fundação da entidade, os estudantes presentes no encontro elegeram os representantes para a direção executiva da entidade e definiram as demais diretorias e seus respectivos diretores e diretoras, que terão a missão de organizar os estudantes para tocar as lutas aprovadas no encontro.

*Albertina Machado Rosado (1917-1953), foi professora do ensino público municipal de Passo Fundo, no supletivo do Colégio Elementar, hoje conhecido como Protásio Alves; era árdua defensora da educação pública como meio de redução das desigualdades. Em um tempo em que a participação feminina na política e imprensa era restrita, Albertina subverteu a ordem. Ela se destacou na cidade como militante do Partido Comunista do Brasil (o PCB na época) e foi a primeira mulher candidata a vereadora. Além disso foi colunista colaboradora no jornal O Nacional sob o pseudônimo de Latif Chasid.

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes