UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

sábado, 10 de dezembro de 2022

MOSTRANDO RESULTADOS PARA:

Salário mínimo hoje seria de apenas R$ 502 se proposta de Paulo Guedes valesse desde 2002

Levantamento do Centro de Pesquisa em Macroeconomia das Desigualdades (MADE-USP) apontou que o salário mínimo em 2022 seria de míseros R$ 502 caso o cálculo de reajuste fosse feito baseado na regra proposta por Paulo Guedes. 

Bolsonaro quer acabar com a correção do salário mínimo e das aposentadorias pela inflação

Plano da equipe econômica de Bolsonaro, comandada por Paulo Guedes, é desvincular reajuste do salário mínimo e de benefícios do INSS da inflação. Perdas na renda dos trabalhadores decorrentes da elevação do custo de vida não serão mais repostas.

Novidades