UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

terça-feira, 5 de julho de 2022

MOSTRANDO RESULTADOS PARA:

Exploração e precarização dos trabalhadores do porto de Santos

Joel Moraes Silva, trabalhador portuário Cadu Machado, jornalista Preste atenção nestas manchetes: “Santos registra lucro líquido recorde de R$ 202,5 milhões em 2020” – Ministério da Infraestrutura...

4700 trabalhadores da PROGUARU lutam por seus empregos

Trabalhadores da empresa Proguaru, se manifestaram contra a extinção da empresa e a entrega dos serviços prestados para empresas privadas.

Entrevista com Galo de Luta, entregador antifascista

O capitalismo é um sistema que não tem mais nada a oferecer ao povo senão a fome, a miséria e a morte. Sempre fez...

Trabalhadores da Toyota lutam contra fechamento da fábrica no ABC

Mesmo obtendo lucros enormes, empresa quer transferir fábrica para o interior para ganhar mais dinheiro, sem se preocupar com os trabalhadores.

A cidade e a exclusão social

A cidade hoje em dia contém uma massa gigantesca de trabalhadores. Maior do que em qualquer outra época é a desigualdade social, não a...

A farsa da meritocracia

Por muito tempo, os trabalhadores e trabalhadoras vêm sendo convencidos de que a receita para o sucesso é o trabalho. Só enriquece quem trabalha...

A miséria e a exploração capitalista adoece os trabalhadores

Viver não é uma tarefa fácil, ainda mais em um mundo que uma minoria possui privilégios, já outros, lutam pelo direito de sobreviver. Eventualmente...

Brasil possui 4ª maior taxa de desemprego do mundo

A taxa de desemprego do Brasil é a 4ª maior do mundo. É o que revela a agência de risco Austin Rating, em ranking que classificou 40 países do mundo. Confira análise.

Trabalhadores da cultura impedem privatização do Palácio Capanema

Mariane Vincenzi | Redação Rio Ontem (20), trabalhadores da cultura realizaram o ato “Trincheira Capanema” em frente ao Palácio Capanema, no centro do Rio de...

“Temos que decidir entre pagar aluguel ou comer”

Enquanto os governantes Romeu Zema (NOVO) e Alexandre Kalil (PSD) tentam se diferenciar um do outro com suas políticas e ideologias vemos que ao tratarem os funcionários públicos mais pobres os dois agem da mesma maneira. E por conta desses “gestores da miséria” mais de 1.700 trabalhadores e trabalhadoras passarão o mês de junho inteiro com menos de R$500,00.

Luta dos trabalhadores garante reajuste de salários em Viamão

Por André Luís Ferraz Schulz. VIAMÃO - Em plena pandemia de Covid-19, os trabalhadores da saúde estão sofrendo verdadeiros golpes do sistema capitalista, articulados por...

Novidades