UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

domingo, 26 de maio de 2024

MOSTRANDO RESULTADOS PARA:

O ataque fascista do MBL contra mulheres na UFPR

Maria Fernanda Vicente | Paraná Integrantes do Movimento Brasil Livre (MBL), liderados por João Bettega, Gabriel Costernaro e Matheus Faustino, promoveram um ataque fascista na...

Brasil é o 5° país que mais mata mulheres

Apesar de ter uma lei bastante completa e de já ter sido eleita uma das melhores leis do mundo, o Brasil ainda ocupa a...

A luta das mulheres na UFABC

Apesar de avanços contra a violência, luta das mulheres estudantes da UFABC continua pela construção de um ambiente acadêmico seguro e inclusivo.

Rede Acolher como ferramenta de combate à violência contra as mulheres do RN

Diante do cenário de constante violência às mulheres, a Rede Acolher foi fundada pelo Movimento Olga Benario no fim do ano de 2022 com um objetivo evidente: acolher mulheres vítimas de violência de gênero e, principalmente, denunciar o Estado capitalista, que é ineficiente em combater o machismo e o feminicídio.

As ocupações do Movimento de Mulheres Olga Benario: exemplos de organização popular

O movimento realiza ocupações de mulheres no Brasil todo para denunciar os altos índices de violência contra as mulheres. Contribua pelo https://apoia.se/pelavidadasmulheres

Nasce a ocupação de mulheres Rayana Alves, em Belém

Movimento de Mulheres Olga Benário realiza sua 12ª ocupação no Pará. Estado nortista é um dos recordistas em violência contra as mulheres. Ocupação tem...

Hospitais do RJ registraram 177 casos de estupro em seis anos

Levantamento foi feito pelo Instituto de Segurança Pública. Entre 2015 e 2021, foram registrados ao menos 177 casos de estupro contra vulneráveis em unidades de saúde do Estado.

Lesbofobia, um projeto capitalista

Assim como todas as opressões existentes na nossa sociedade, a lesbofobia também é um projeto do capitalismo. 

A violência contra a mulher em Guarulhos: o que as pesquisas têm a nos dizer

Casos de violência contra a mulher aumentaram, segundo dados da própria Prefeitura de Guarulhos. Para combater esta violência e apoiar as mulheres, o movimento Olga Benario tem realizado diversas lutas.

Novidades