TwitterFacebookGoogle+

Servidores Municipais de Porto Alegre entram em greve

Começou na manhã de quinta-feira (05), a Greve dos Servidores do Município de Porto Alegre. Os trabalhadores da cidade e aos serviços públicos vem sofrendo uma série de ataques do Governo Municipal de Marchezan Júnior (PSDB). O Prefeito vem construindo uma política que prejudica a população mais pobre de Porto Alegre, com o desmonte do sistema de assistência (CRAS e CREAS) e alteração da rotina das escolas.

A política neoliberal do PSDB, na cidade, visa ainda entregar aos tubarões do transporte privado a Empresa Pública de Transporte de Porto Alegre, a CARRIS. Pretende privatizar também o Departamento de Água e Esgoto (DMAE), coloocando à venda serviços de água e saneamento dos porto-alegrenses.

Desde o mês de Junho, os municipários tem recebido seus salários parcelados, piorando ainda a vida dos trabalhadores do município. O prefeito Marchezan, não quer abrir canal de diálogo com a categoria, sobre os projetos de leis encaminhados a Câmara Municipal que  preveem o fim de benefícios como a licença-prêmio e colocam dentro da lei o parcelamento de salários.

No primeiro dia de greve, os municipários se concentraram a partir das 8 horas em frente o Hospital de Pronto Socorro e saíram em marcha para sede da Prefeitura, exigirem os seus direitos. Foram milhares de trabalhadores na rua, tomando as avenidas principais da cidade e demonstraram a força da categoria para resistir aos duros ataques que vem sofrendo.

Todo o apoio a luta dos municipários, na defesa dos serviços públicos da cidade e dos direitos sociais do Povo!

Print Friendly, PDF & Email
pvc_views:
92

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornais Internacionais

Páginas

Categorias

Especial

Links

Movimentos Sociais e Organizações