TwitterFacebookGoogle+

Unidade Popular conquista apoiamento mínimo em Alagoas

A Unidade Popular pelo Socialismo tem avançado diariamente em sua organização rumo a conquista de seu registro legal. No dia 23 de fevereiro, conquistou mais uma marca: atingiu o número de apoiamento mínimo na terra de Manoel Lisboa, Zumbi e Dandara dos Palmares.

Em Alagoas, a UP já entregou cerca de 6000 fichas de apoiamento aos cartórios eleitorais e foram consideradas aptas 1733 assinaturas no Sistema de Apoiamento a Partido em Formação (SAPF) do Tribunal Superior Eleitoral. Quase 4000 fichas ainda esperam a validação dos cartórios eleitorais e a coleta de mais apoiamentos continua diariamente.

De acordo com o TSE, para a legalização do novo partido é necessário obter 0,01% de apoio entre os eleitores em nove estados e 0,5% em todo o país, o que representa quase meio milhão de assinaturas. Já atingiram essa marca Pernambuco, Paraíba, Piauí, Rio Grande do Norte e Alagoas. Nos próximos dias, mais estados devem alcançar essa exigência do TSE e passar a ter a possibilidade de constituir os seus diretórios estaduais provisórios.

“A Unidade Popular já é uma realidade em Alagoas e no Brasil. Temos conquistado muitas adesões ao novo partido e a receptividade das pessoas nas ruas é cada vez maior. Além disso, temos ocupados espaços importantes, desde manifestações e lutas populares até na imprensa”, afirmou o líder partidário Magno Francisco, que concedeu entrevista para a TV, site e jornal impresso da Tribuna Independente.

Leia: Unidade Popular quer ‘resgatar’ pautas dos trabalhadores

“A Unidade Popular nasceu porque compreendemos que é necessário resgatar a esperança do povo brasileiro nas grandes transformações. Nós compreendemos que há um conjunto de pautas que historicamente foram defendidas pela classe trabalhadora que nos últimos anos foram deixadas de lado e é necessário resgatar esse conjunto de pautas históricas”, afirmou Magno Francisco no programa de TV, TH Entrevista. Confira abaixo o vídeo na íntegra.

Além da Magno Francisco, outro dirigente da UP, Rafael Pires, concedeu entrevista ao programa TV Mar News, comandado pelo jornalista Mauro Wedekin, para explicar como tem sido a construção da nova sigla partidária em Alagoas.

“Estamos tradicionalmente todos os sábados no calçadão do comércio, coletando assinaturas, e fazendo durante a semana visita em diversos lugares, portas de universidades, associações de moradores, assembleias de entidades de classe, buscando conversar com a população e trazer as pessoas para buscar uma alternativa”, explicou Rafael Pires.

Rafael aproveitou o espaço na mídia para chamar o povo alagoano para lutar por transformações radicais na sociedade, pelo poder popular e pelo socialismo. “Queremos convocar a grande população para participar efetivamente da política. Para que a gente busque uma saída diante de tudo isso que a gente passa. Acreditamos no poder mobilização popular e na organização do povo como saída para essa crise e como busca de dias melhores para todos nós”, prosseguiu Pires. Confira a entrevista na íntegra abaixo.

Campanha de legalização da Unidade Popular

O professor Rafael Pires concedeu entrevista ao programa TV Mar News, nesta terça-feira (30), sobre a campanha para a legalização da Unidade Popular!Assista e compartilhe!Vai avançar a Unidade Popular!

Publicado por Unidade Popular pelo Socialismo – Alagoas em Terça-feira, 30 de janeiro de 2018

A Unidade Popular pelo Socialismo defende a unidade dos trabalhadores, dos sem-teto, das mulheres e da juventude em torno dos seguintes pontos: 1. A luta pela derrubada do Governo Temer; 2. A defesa dos direitos democráticos de todo o povo e contra o fascismo; 3. A luta pela revogação da reforma trabalhista e contra a aprovação da reforma da Previdência; 4. Suspensão imediata dos pagamentos da dívida pública; 5. Fim das privatizações e investigação de todas as privatizações realizadas do patrimônio público nos últimos 30 anos; 6. Reforma Agrária; 7. Reforma Urbana; 8. Redução da jornada de trabalho sem redução de salário para criação de mais empregos.

 

Print Friendly, PDF & Email
pvc_views:
39

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornais Internacionais

Páginas

Categorias

Especial

Links

Movimentos Sociais e Organizações