TwitterFacebookGoogle+

Categoria: Lutas e Heróis do Povo

Dom Pedro Casaldáliga: Fé de Guerrilheiro. Amor de Revolução.

Pedro Casaldáliga fez a opção de viver e lutar com o povo pobre do Brasil. Ele nasceu na província de Barcelona, Catalunha (que luta para ser independente da Espanha), no dia 16 de fevereiro de 1928. Está perto de completar 90 anos de vida e luta; por isso, esta singela homenagem e reverência. O Mal…

Leia mais

Morre Armando Hart, um dos líderes da Revolução Cubana

Faleceu na tarde ontem (27/11), em Havana, reconhecido intelectual e político cubano Armando Hart Dávalos, aos 87 anos, devido a uma insuficiência respiratória. Nascido em Havana, em 13 de junho de 1930, Hart iniciou suas atividades políticas como líder estudantil na Faculdade de Direito da Universidade de Havana. Quando ocorre o golpe de Estado de…

Leia mais

Os comunistas e o movimento negro

Em homenagem ao Dia da Consciência Negra (20 de novembro), A Verdade publica uma resolução política da 3ª Internacional Comunista sobre a Questão Racial, aprovada no 4º Congresso da IC, realizado em Moscou, em 1922. Ao contrário do que afirmam a burguesia e os adversários do marxismo-leninismo, os comunistas sempre levaram em conta a importância…

Leia mais

Nas trilhas de Tupac Amaru

Dan Mitrione, agente internacional do Departamento de Estado dos EUA, professor de torturas na América do Sul que veio ensinar os pontos e a medida para aplicação de choques elétricos e outras agressões de modo a provocar dor sem deixar marcas nos prisioneiros, estava atuando e residindo em Montevidéu, no Uruguai, num bairro de classe…

Leia mais

Estátua homenageia Lamarca e Zequinha Barreto

Nos dias atuais, vivemos uma conjuntura que exige muito mais de nós, militantes comunistas revolucionários. Acreditamos que é preciso mais do que nunca honrar os nomes que tombaram na ditadura militar fascista de 1964. Esses companheiros e companheiras merecem ser lembrados todos os dias. Um desses nomes é o do camarada Zequinha, que foi assassinado…

Leia mais

Os golpes de Estado no Brasil contra os trabalhadores

A Economia brasileira, dada a característica da invasão portuguesa, que implantou no país uma colônia de exploração, se desenvolveu desde então de forma não apenas dependente, mas também como associada ao colonizador. Aqui o capitalismo utilizou modos e relações de produção já superados nos seus países de origem – a escravidão urbana e rural e…

Leia mais

EUA matam seis pessoas no Vietnã com bomba da década de 1970

No último dia 18 de agosto, no distrito de Khan Son, seis pessoas morreram ao entrarem em contato com uma bomba despejada pelos EUA, na década de 1970, durante a Guerra do Vietnã (chamada no Vietnã de Guerra de Resistência contra a América). Essa não é a primeira vez que um artefato explosivo atinge a população…

Leia mais

Inclusão social ou libertação: o desafio histórico do Movimento Negro e Quilombola

Foram três séculos de escravidão dos negros, trazidos à força da África. Muitos não aceitaram passivamente a escravidão. Além de ações individuais e de algumas revoltas urbanas, a grande reação dos negros foi a busca coletiva de libertação, fugindo das fazendas para embrenhar-se nas matas e formar suas comunidades independentes e autônomas, os quilombos. O…

Leia mais

Nota de Solidariedade da UP aos camponeses de Pau D’Arco

Punição imediata aos responsáveis pelo massacre de trabalhadores rurais em Pau D’arco. Em mais um ato covarde da Polícia Militar do Pará, que resultou no assassinato brutal de 10 trabalhadores rurais no município de Pau D’arco, localizado no sul do estado, constata-se, de forma cada vez mais clara, o caráter fascista que tanto o governo…

Leia mais

Sverdlov, organizador do Partido Bolchevique

Iakov Mikailovich Sverdlov nasceu em Níjni Novgorod (posteriormente rebatizada de Gorki), em 22 de maio de 1885, e faleceu em Oriol, em 16 de março de 1919, em consequência de uma gripe espanhola. Filho de Mikail Izraelevich Sverdlov, um artesão gravurista judeu, e de Elizabeth Stern. Com sua segunda companheira, Klavdia Timofeievna (também militante bolchevique),…

Leia mais

A resistência contra o revisionismo na União Soviética

No dia 25 de fevereiro de 1956, Nikita Kruschov leu seu “informe secreto” numa sessão do XX Congresso do Partido Comunista da União Soviética (PCUS), no qual “denunciou os crimes de Stálin”. Esta clara propaganda contrarrevolucionária foi repetida incansavelmente pelo imperialismo, pelo oportunismo e por alguns quadros revolucionários honestos, que, desorganizados, foram confundidos pelo inimigo…

Leia mais

Jornais Internacionais

Páginas

Categorias

Especial

Links

Movimentos Sociais e Organizações