UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

quinta-feira, 6 de outubro de 2022

Ocupação garante vitória na UFRJ

Os estudantes da Universidade Federal do Rio de Janeiro  (UFRJ) ocuparam por três vezes o Conselho Universitário (Consuni), fórum máximo de deliberação da universidade, reivindicando melhoria na  assistência estudantil, fim do atraso das bolsas e restaurantes universitários nos câmpus da Praia Vermelha e do Direito.

A primeira ocupação ocorreu  no dia 8 de setembro, com cerca de 200 estudantes exigindo que a pauta estudantil fosse discutida. Cedendo à pressão, a Reitoria então se comprometeu a discutir a pauta dos estudantes e convocou um Consuni extraordinário para a quinta-feira seguinte.

No dia 15 seguinte, que ficou conhecido como “Dia dos Indignados na UFRJ”, cerca de 500 estudantes ocuparam a sessão extraordinária do Consuni, novamente, para garantir a discussão, bradando palavras de ordem como “Sou estudante, sou de ação, estou na luta pra ganhar o bandejão”. Mas a proposta da reitoria não contemplava os estudantes, que não se calaram para defender seus direitos. A sessão foi encerrada pela Reitoria e foi aberta uma comissão de negociação.

Em assembleia, os estudantes aprovaram os consensos com a Reitoria e encaminharam as divergências através da comissão, que era composta por um representante de cada Centro Acadêmico e os Conselheiros Discentes.

Foram duas reuniões da Comissão com a Reitoria para encaminhar propostas ao Consuni do dia 22. Os estudantes, então, mais uma vez, foram acompanhar a discussão e votação. Infelizmente, nem todas as propostas puderam ser votadas e continuam a ser discutidas pela comissão, porém os consensos – como reajuste do valor das bolsas e a principal reivindicação, que seria a destinação da verba de R$ 4 milhões a ser utilizada para o vestibular da UFRJ, substituído pelo Enem, para a construção de bandejões em câmpus isolados – foram aprovados!

Mais uma vez o movimento estudantil provou que a luta é o único meio de garantir nossos direitos.

Danielle Ramos da Silva. militante da UJR

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes