UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

quinta-feira, 8 de dezembro de 2022

Cartas: Saúde falida também em São Paulo

Ficar doente ou precisar de atendimento médico público é praticamente a mesma coisa que escrever a própria sentença de morte. Na região de Embu das Artes, na Grande São Paulo, não é diferente o descaso das autoridades. A contradição é gigante porque temos o Estado mais rico do país e uma população de miseráveis necessitando do serviço médico. Aqui na região, se houver três hospitais de pronto atendimento é muito. O hospital que é do Estado, Hospital Pirajussara, só atende pacientes de outras regiões. Não tem como fazer nem inalação. É um verdadeiro descaso, isso sem falar de horas e horas para sermos atendidos aguardando um médico. O sistema de saúde em São Paulo faliu: não tem pronto-socorro decente, com aparelhos mais modernizados para atender à população com dignidade, e nos postos de saúde nunca há remédios. Precisamos dar um enfrentamento a essa nossa situação. Do jeito que está não dá mais. Muitas pessoas estão morrendo por falta de tratamento e outras com certeza morrerão. Este Estado está falido. Lutemos por mudanças já!

Catarina Cardoso, São Paulo

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes