UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

quarta-feira, 6 de julho de 2022

Pobres sofrem com falta de equipamentos no Hospital Regional de Patos

O Hospital Regional Deputado Janduhy Carneiro, em Patos, na Paraíba, atende a inúmeras pessoas diariamente. Toda vez que uma ambulância do Samu cruza as ruas pedindo passagem com sua sirene, ela está indo àquele hospital deixar alguém que precisa de cuidados médicos. Como os postos de saúde da cidade são precários, o hospital acaba sendo o refúgio dos desesperados.

Muitos saem de lá, entretanto, sem receber o tratamento completo de saúde, e são mandados para sofrer em casa, junto aos seus familiares. Esse é o caso da senhora Maria Aristides da Silva, 66 anos, residente na Rua do Meio, localidade bastante conhecida em Patos. Dona Maria, diabética, foi funcionária da prefeitura  de Patos por 40 anos e hoje está aposentada, com o salário mínimo. O que mal dá para comprar os medicamentos.

Este ano, Maria Aristides teve um problema no pé que se agravou devido à diabete; passou 17 dias internada no Hospital Regional de Patos e teve parte de um  pé amputado. O médico Jânio Rolim, que fez a cirurgia, comunicou à família que seria necessário fazer um exame de cateterismo e, logo depois, uma angioplastia para recuperar a área afetada com a amputação. Como o hospital não dispunha dos serviços (que custam, em média, R$ 11 mil), elas foi mandada para casa, mesmo com fortes dores, sem solução para sua doença.

Filhos, netos e demais familiares estão se revezando em casa, fazendo massagem nas proximidades do local da amputação para aliviar as dores da aposentada, que não consegue dormir. Um dos únicos bens que a família possui é uma casa simples na Rua do Meio; devido ao sofrimento de dona Maria, seu esposo está tentando vender a casa para obter os recursos necessários para custear o tratamento.

A situação do Hospital Regional de Patos deve ser tratada com uma ampla discussão com os que administram a cidade e o Estado da Paraíba. Ou, então, casos como esse continuarão se repetindo, envergonhando nosso povo e, mais ainda, a Paraíba.

Jozivan Antero

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes