UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

quarta-feira, 7 de dezembro de 2022

Ato nacional de solidariedade é realizado em Pinheirinho

No dia 2 de fevereiro, em São José dos Campos, ocorreu ato nacional em apoio aos moradores do Pinheirinho. Estiveram presentes cerca de duas mil pessoas de várias organizações e movimentos sociais. A manifestação teve início às 10h da manhã, na Praça Afonso Pena e percorreu as ruas do centro até sede a prefeitura da cidade.

O Partido Comunista Revolucionário esteve presente, assim como o MLB, Movimento de Luta nos Bairros Vilas e Favelas, que demonstrou seu total apoio aos moradores do Pinheirinho que foram massacrados pela PM.

O primeiro vice-presidente da UNE, Yuri Pires, falou aos manifestantes em nome da União da Juventude Rebelião (UJR) declarando o repúdio à ação truculenta e injusta da PM para com os moradores do Pinheirinho, que deixa claro que os interesses defendidos por essa política burguesa é o interesse da classe dominante.

O Pinheirinho é uma ocupação que foi invadida no dia 22 de janeiro (domingo), por mais de dois mil soldados do batalhão de choque, helicópteros e carros blindados, às 6h da manhã. Os moradores resistiram a deixar o local, tentando impedir a entrada dos policiais na ocupação e assim começaram os confrontos. Balas de borracha, bombas de gás-lacrimogênio e de efeito moral, e até balas comuns fizeram parte da operação contra homens, mulheres, crianças e idosos.

O apoio total a população do Pinheirinho é indispensável, pois o que ocorreu com àquelas famílias prova que a luta pela reforma urbana é uma luta necessária e justa, pois a maioria da população brasileira se vê privada do direito de morar dignamente. Entendemos que a construção do socialismo é uma tarefa urgente e a única capaz de demandar a solução para o sofrimento da maioria.

Redação São Paulo

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes