UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

sábado, 2 de julho de 2022

Conferência das Américas é lançada na Paraíba

Movimento Olga Benário presente

Nos dias 10 e 11 de fevereiro, realizou-se na cidade de João Pessoa, Paraíba, o lançamento da Conferência de Mulheres das Américas, que aconteceu durante o 1° Encontro Estadual do Movimento de Mulheres Olga Benário na Paraíba. O evento serviu também como preparação para escolha da delegação paraibana que participará da Conferência em São Paulo, no mês de junho.

Pela proximidade com a data de aniversário da revolucionária Olga Benário (12 de fevereiro de 1908), no início do evento, houve uma merecida homenagem a essa grande lutadora e militante comunista com exibição de trechos do filme Olga e da entrevista de sua filha, Anita Leocádia Prestes. A força do exemplo de Olga comoveu e serviu de estímulo para todos os presentes.

A abertura aconteceu no auditório do Hospital Universitário da UFPB e contou com a presença de cerca de 80 pessoas, a grande maioria mulheres que saíram de suas cidades, de seu trabalho, para participar deste importante momento de construção da luta feminina na Paraíba.

Na mesa inaugural estavam presentes Nézia Gomes, secretária de Mulheres de João Pessoa, Margareth Diniz, diretora do Centro de Ciências da Saúde da UFPB, Elisabeth Araújo, coordenadora nacional do Movimento Olga Benário, Heloisa de Sousa, da Marcha Mundial de Mulheres, Cândida Moreira Magalhães, da Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana do Estado, Paula Frassinete, professora aposentada da UFPB e ex-vereadora de João Pessoa, Paula Virginia Colares, do Comitê Preparatório Internacional da Conferência de Mulheres das Américas e Vilma Rodrigues, vice-presidente do Sindicato dos Urbanitários da Paraíba. Os trabalhos de abertura foram dirigidos por Izabelle Gomes, representando o Movimento Olga Benário da Paraíba, que falou sobre o evento ao jornal A Verdade: “Foram dois dias de formação política com vídeos e debates sobre os direitos das mulheres, sobre a história do dia 08 de março. Tivemos grupos de debate sobre saúde, violência, creche, trabalho e geração de emprego e renda. Em todos os debates, ficou muito claro que as mulheres têm toda disposição em se organizar para lutar por seus direitos e por uma sociedade livre da exploração e opressão capitalistas, uma sociedade socialista.”

O lançamento da Conferência das Américas tem ocorrido em diversos estados, fortalecendo a organização local das mulheres e a preparação para a Conferência, em São Paulo.

Também participaram do evento, representantes dos DCEs e Centros Acadêmicos da UEPB e UFCG, do gabinete da deputada estadual Gilma Germano, do Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas (MLB), da União da Juventude Rebelião (UJR), do Partido Comunista Revolucionário (PCR), da Associação Paraibana dos Estudantes Secundaristas (APES-PB), do Movimento Luta de Classes (MLC), dos sindicatos da limpeza urbana, dos jornalistas e dos urbanitários, além de delegações de mulheres de Patos, Campina Grande, Guarabira, Bayeux e da própria capital, João Pessoa, além de representantes de vários estados do Brasil.

Redação- PB

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes