UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

quinta-feira, 6 de outubro de 2022

Triunfou a luta pela liberdade dos 10 de Luluncoto

10 de LuluncotoApesar das mentiras do governo organizadas através de cadeias nacionais que tentaram sustentar a mentira que acusou aos 10 de Luluncoto de violar a segurança do Estado e atos terroristas, esta noite, há poucos minutos, foi concedido habeas corpus para 7 homens (Paulo Castro, Royce Gomez, Santiago Gallegos, Luis Merchan, Hector Estupiñan Vinueza Victor Hugo, Cesar Zambrano), mas as duas mulheres, Cristina e Heras Campanha Abigail, ainda permanecem detidas na prisão de mulheres no setor Inca, porque elas não receberam o Habeas Corpus.
Para tudo isso, o advogado Luis Maldonado Villacis disse: “A liberdade dos 10 de Luluncoto é a prova de que só a unidade, a organização e a luta irão impor a observância dos direitos humanos no Equador, é inaceitável que a primeira turma do Trabalho, Infância e Adolescência do Tribunal Provincial concedeu liberdade aos sete jovens e a negue às companheiras Abigail Heras e Cristina Campanha detidas no mesmo local, pelas mesmas razões e considerações em uma prisão arbitrária e inconstitucional e ilegal. Exigimos sua liberdade e iremos aos tribunais superiores para fazer valer o direito à liberdade e defender a vida de duas jovens inocentes, mãe e filha de famílias pobres “
Além disso, o líder emepedista, fez chamado de unidade a todos os equatorianos eque se mobilizem em defesa da liberdade e pela vigência plena dos direitos consagrados na Constituição, o direito de falar e ser ouvido, sem qualquer repressão.
Sabe-se que neste momento a família, amigos, simpatizantes, membros de organizações sociais se dirigem ao antigo Presídio Garcia Moreno, onde se realizará um comício para a liberdade dos 10 ajuizados de sabotagem e terrorismo, ja que até o momento, apesar da ordem judicial existente é omitida a ordem constitucional de liberdade.

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes