UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

sexta-feira, 9 de dezembro de 2022

Estudantes em GREVE por eleições diretas para diretor

Estudantes em GreveO Governo do Estado de Pernambuco publicou no Diário Oficial a lista de diretores das 253 escolas de referência em ensino médio (EREM) e de 20 escolas técnicas em todo o Estado. O processo foi realizado sem nenhuma consulta à comunidade escolar, só com a realização de uma prova, análise de currículo e entrevista, ficando a cargo do governador a indicação de quem será o novo diretor.

Após a divulgação dos nomes dos novos diretores, os estudantes ficaram bastante revoltados, mobilizaram-se contra a medida do Governo e exigiram eleições diretas para diretor. Em Caruaru o movimento ganhou mais força e organização. Estudantes liderados pela União dos Estudantes de Pernambuco (UESPE) e pela União dos Estudantes de Caruaru (UESC) realizaram atos, passeatas e chegando ao ápice de decretar greve estudantil em duas escolas.

Estudantes da EREM Nelson Barbalho, o Estadual de Caruaru, e da Escola Dom Vital decretaram greve estudantil por tempo indeterminado em defesa das eleições diretas para gestor da escola. Após dois dias de greve, a escola Dom Vital decidiu, em assembleia, terminar a greve, exigiu da Secretaria de Educação que até 02 de abril ocorra o processo de eleição direta para diretor, e, caso não ocorra, os estudantes decretarão greve novamente. Já a Escola Estadual de Caruaru continua em greve e em intensa mobilização.

Segundo Gleyson Rodrigues, diretor da UESPE, “o protesto não é pela manutenção dos diretores, e sim pela liberdade da comunidade escolar decidir os rumos da gestão da escola, e isto não foi garantido. Por isso, defendemos eleições diretas para diretor”, e disse mais: “consideramos que democracia se constrói, e não se impõe sem a participação da sociedade”.

O secretário de Educação Ricardo Dantas declarou que “o processo é democrático porque, nesta seleção, puderam participar todos os professores”, porém, a escolha é feita pelo governador, não endentemos isso como exemplo de democracia.

O Modelo de Gestão Democrática passa por garantir amplos direitos democráticos nas escolas, esta é a melhor maneira de ensinar a juventude noções de democracia, não apenas nos livros e sim na prática.

UESC

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes