TwitterFacebook

Marcha em Belém exige fim dos despejos

MARCHA BELÈMNo dia 28 de agosto, os movimentos de luta e defesa da Reforma Urbana tomaram as ruas do Brasil para se manifestar e cobrar a realização de uma reforma urbana.

Nossas cidades não podem continuar atendendo somente ao interesse de poucos. Temos direito a cidades com moradia digna, transporte público de qualidade, trabalho decente, educação, saúde e cultura.

Em Belém do Pará, a Marcha pela Reforma Urbana reuniu cerca de 200 pessoas na Rodovia Augusto Montenegro, com concentração na entrada do Conjunto Satélite e caminhada rumo ao Palácio dos Despachos para a entrega da plataforma de reivindicações ao Governador Simão Jatene.

Uma comissão de sete pessoas foi recebida pelo subchefe da Casa Civil que cobrou uma audiência com o governador. As principais reivindicações apresentadas pelos movimentos foram
eleição e posse do Conselho Estadual das Cidades e do Fundo Estadual de Habitação de Interesse Social; implementação da política estadual de habitação; adesão do Pará ao Programa Federal Mais Médicos; constituição e funcionamento imediato de uma Comissão Estadual de Prevenção a Despejos Forçados de acordo com orientações do Ministério das Cidades, com a suspensão imediata de todas as remoções; conclusão de todas as obras paradas. Após a mobilização, o Governo assumiu compromisso de realizar audiência com o Movimento de Reforma Urbana até o dia 10 de setembro, antes da Conferencia Estadual das Cidades.

Fernanda Lopes, Belém

Print Friendly, PDF & Email
pvc_views:
590
dsq_thread_id:
1811007114

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornais Internacionais

Páginas

Categorias

Especial

Links

Movimentos Sociais e Organizações