UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

sábado, 26 de novembro de 2022

Prefeito de Belo Horizonte recua em reajuste de passagem

Prefeito de Belo Horizonte recua em reajuste de passagemComo reflexo das jornadas de junho e da pressão dos movimentos sociais, o prefeito de Belo Horizonte Márcio Lacerda (PSB) afirmou que não haverá reajuste de passagens para o ano de 2014. O anúncio é uma importante vitória, pois o reajuste anual de tarifa faz parte das negociatas das prefeituras com a máfia de transporte que explora o serviço nas cidades.

O último reajuste ocorreu em dezembro de 2012 e as passagens passaram de R$2,65 para R$2,80 nas principais linhas da cidade. O aumento foi revogado pela pressão das manifestações de junho, entretanto a opção foi pela desoneração dos empresários, com redução do Imposto Sobre Serviços (ISS), retirada do valor do Programa de Integração Social (PIS) e a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins). Atualmente a passagem na capital mineira é R$2,65.

O prefeito afirmou que só haverá reajuste quando forem concluidos os trabalhos de auditoria para revisar os contratos de concessão do transporte público.Apesar da auditoria nas contas ser uma reivindicação apresentada na ocupação da Câmara Municipal de BH em julho, as reuniões estão acontecendo sem participação popular e não há compromisso com a divulgação das planilhas e do lucro dos empresários. A caixa-preta do transporte continua fechada.

Além disso, a prefeitura se nega a garantir o passe-livre e dificulta o acesso ao meio-passe conquistado pelos estudantes secundaristas através das lutas da Associação Metropolitana dos Estudantes Secundaristas (AMES-BH). Para Lincoln Emanuel, presidente da AMES-BH é preciso aumentar a pressão pelo passe-livre e pela reestatização do transporte em BH. “A juventude precisa continuar ocupando as ruas para acabar de vez com a farra dos empresários”, afirma.

Natália Alves

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes