UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

domingo, 25 de setembro de 2022

Comunidade evita despejos que seriam feitos para a Copa

CARTAZATODITADURA2A comunidade Lauro Vieira, como muitas comunidades de Fortaleza, passou pelo drama de suas casas serem marcadas para demolição para a construção do VLT (Veículo Leve sobre Trilhos). As famílias foram colocadas contra a parede com o perigo iminente de ficarem sem lar, pois com a indenização oferecida ficava difícil comprar até um barraco de lona. Mas a comunidade se mobilizou e conseguiu diminuir de 203 para 60 o número de casas removidas.

Copa pra quem?

O que motiva as remoções e a preocupação governamental com o aceleramento das outras é a proximidade da Copa da Fifa. É o governo maquiando a cidade pra turista ver. E, como sempre, debaixo dos grandes eventos está o povo pobre, soterrado de sofrimento e indignação. E um dos moradores que teve sua casa removida desabafa: “Pra gente,  o único legado essa copa do mundo foi tristeza”. E Gabriel Matos, do Cine Rua, diz “A copa é só pra quem tem poder mais alto (…). Se a copa fosse aqui ou na China ia ser a mesma coisa. A gente vai assistir pela televisão.”

A luta continua!

Para continuar com a mobilização, os moradores organizarão um cineclube chamado Cine Rua, que funciona como espaço de conscientização, debate e entretenimento para a criançada. Nesse mês estreia A comunidade que desviou o trem, uma produção áudio-visual independente e popular.

Tatiane Albuquerque, militante da UJR e estudante da Vila das Artes

Outros Artigos

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes