UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

quinta-feira, 8 de dezembro de 2022

Militantes são presos de maneira arbitrária em Goiás

Os jovens Heitor Aquino, Ian Caetano, e João Marcos, militantes da Frente de Luta pelo Transporte de Goiás,  foram presos de maneira arbitrária na última sexta-feira (23) e se encontram presos até hoje. Outro membro da Frente, Tiago Madureira, teve prisão decretada pela mesma operação desatada pela Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (D.R.A.C.O). A operação se chama 2,80 em referência à luta contra o aumento da passagem.

Nenhuma prova material foi apresentada pelos policiais para a detenção dos militantes. Apenas panfletos e materiais de propaganda foram encontrados nas casas. As duas testemunhas listadas pelo delegado na ação que pede a prisão preventiva dos acusados são dois funcionários das próprias empresas de ônibus que aumentaram o preço da tarifa e eram alvos das manifestações.

Na verdade, essas prisões se inserem no clima de terror social que o Estado quer implantar durante todo o período de realização da Copa, para que as manifestações populares, greves e reivindicações seja intimidadas.

É preciso realizar a solidariedade com os militantes presos para barrar o crescimento da repressão e da criminalização dos movimentos sociais em nosso país. Abaixo, anexamos a cópia do mandato de prisão expedido pela sétima vara criminal de Goiânia, onde está expressa a tentativa de tornar crime o protesto social.

Redação, com informação do site passapalavra.info

1

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

3

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

4

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

5

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

6

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes