UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

sexta-feira, 1 de julho de 2022

Brasil pagou R$ 3,4 bi por dia de dívida pública em 2014

Maria Lúcia Fatorelli, coordenadora da Auditoria Cidadã da Dívida.
Maria Lúcia Fatorelli, coordenadora da Auditoria Cidadã da Dívida.

Segundo os números compilados pela Auditoria Cidadã da Dívida que teve como base dados coletados junto ao Senado Federal e ao Banco Central, o estoque total da dívida pública brasileira era, em 14 de maio deste ano, de R$ 2,986 trilhões em dívida interna e mais US$ 485,128 bilhões em dívida externa.

O Brasil pagou R$ 419,717 bilhões de juros e amortizações dessa dívida pública durante este ano, ou seja, R$ 3,4 bilhões por dia o que significa 54% de todo o gasto federal no período. Essa é uma notícia que não vamos ver nos grandes meios de comunicação dominados pelos capitalistas.

Os títulos da dívida pública, tanto externa quanto interna, pertencem principalmente aos bancos e a fundos de investimento em nível internacional. Os juros pagos por essa dívida, correm de acordo com a taxa selic fixada pelo governo que, no momento, está em 10,9% uma das mais elevadas no mundo. É por esse motivo que os bancos brasileiros alcançam recorde de lucro a cada ano.

Para Maria Lúcia Fatorelli, coordenadora da Auditoria Cidadã, “O Brasil precisa investigar de maneira profunda os contratos de toda essa dívida e explicar para todo o povo por que a maior parte dos nossos recursos está servindo hoje para enriquecer os banqueiros ao invés de solucionar os graves problemas sociais do País”.

Fonte: www.auditoriacidada.org.br

Da redação

 

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes