UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

sábado, 2 de julho de 2022

Marcha do Silêncio: milhares nas ruas do Uruguai por verdade e justiça

11350515_1086440194705124_8753053960112484119_nEm mais um 20 de maio no Uruguay milhares de pessoas saíram âs ruas na capital, Montevidéu, com uma só demanda: verdade e justiça sobre os crimes e desaparecimentos de uma centena de pessoas cometidos pelas Forças Armadas que deram um golpe de estado e tomaram o poder político durante doze anos (1973-1985) nesse país.

A data lembra a aparecimento em Buenos Aires (20 de maio de 1976), dos corpos de Zelmar Michelini e Héctor Gutiérrez Ruiz, legisladores uruguaios assassinados na Argentina por um comando de militares coordenado com os militares argentinos dentro do conhecido “Plano Condor”. Nesse “operativo” também foram assassinados Rosario Barredo e William Whitelaw, integrantes da resistência à ditadura nesse momento exilados na Argentina, como milhares de uruguaios e uruguaias.

A marcha é uma iniciativa da associação Mães e Familiares de Detidos Desaparecidos e busca pressionar o governo nacional para que aplique a punição aos torturadores e assassinos do período militar.

 Da Redação

 

Outros Artigos

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes