TwitterFacebook

Estudantes ocupam Reitoria da UEPA, em Belém

ocupação uepaMais de 50 estudantes da Universidade do Estado do Pará (UEPA) ocupam, desde o dia 31 de maio, o prédio administrativo do Campus I – CCSE, em Belém, que conta com a participação de CAs do CCSE, DAs, como o do campus de São Miguel do Guamá, e do Movimento Voz Ativa – DCE UEPA. As principais pautas de reivindicação dizem respeito a mais investimentos na assistência estudantil, com ampliação do quantitativo de bolsa e reajuste do valor; respeito à decisão do CONCEN, que impugnou as eleições de direção do Centro de Ciências Sociais e Educação, devido às irregularidades que ocorreram no pleito, a qual foi desrespeitada por decisão ulterior do CONSUN; contra o corte orçamentário da UEPA promovido pelo Governo do Estado (PSDB); por reformas na infraestrutura dos campi e conclusão das obras paradas; criação e ampliação de laboratórios e projetos de pesquisa; concurso público para docentes; entre outros.

Diversas entidades têm apoiado a ocupação, como o SINDUEPA, Coletivo Mulheres UEPA, UESB, FENET, Oposição de Esquerda da UNE, DCE UFPA, DCE Faculdades Ipiranga, e inúmeros professores, ativistas sociais e pais, pois esta luta envolve toda a comunidade acadêmica. A ocupação do campus I é uma tentativa de diálogo com a Reitoria e o Governo Estadual sobre os rumos da Universidade, visto que a situação no interior dos campi universitários é caótica, com falta de professoras, falta de salas de aula, pouco incentivo às viagens acadêmicas, baixo número de bolsas, poucos laboratórios (e os que existem estão precarizados), tudo parte de um projeto de desmonte e privatização do patrimônio público universitário.

Através da luta foi conquistada, no dia 08 de junho, uma audiência com o reitor, com compromisso assumido em relação à demanda do Lanche Universitário do Campus Marabá e a convocação de uma reunião extraordinária do CONSUN para rediscutir a decisão de desrespeitar a deliberação do CONCEN, estatutariamente ilegal. Segundo Raquel Brício, diretora do DCE UEPA – Voz Ativa e membra do CONSUN, “a única maneira de barrar esse processo é manter a ocupação e pressionar os conselheiros antes, durante e depois da reunião para garantirmos o respeito à democracia universitária”.

Os estudantes continuam mobilizados e manterão a ocupação, resistindo bravamente, mesmo com inúmeras ameaças sofridas, desde avisos de que a “Rotam está chegando” ao apagão proposital, presenciado inúmeras vezes, com o objetivo de desligar o sistema de câmeras da universidade e abrir caminho à repressão. Diante deste quadro, a ocupação estudantil da UEPA convida os estudantes a se somarem a essa luta, pois, como disse o comandante Ernesto Guevara, “se o presente é de lutas, o futuro nos pertence!”.

Movimento Voz Ativa UEPA – Diretório Central dos Estudantes

Print Friendly, PDF & Email
pvc_views:
203
dsq_thread_id:
4899647566

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornais Internacionais

Páginas

Categorias

Especial

Links

Movimentos Sociais e Organizações