UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

terça-feira, 5 de julho de 2022

15º Congresso da UESC

aberturaNo dia 17 de agosto, mais de 300 estudantes secundaristas da cidade de Caruaru-PE, participaram na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Caruaru, do 15º Congresso da UESC – União dos Estudantes Secundaristas de Caruaru. Com a participação de estudantes de vários bairros da cidade, os estudantes debateram os problemas da educação, da conjuntura atual do país e elegeram a nova diretoria da entidade.

Na abertura do congresso foi lançada a campanha pelo Fora Temer e Xô Mendonça, repudiando o atual governo ilegítimo e golpista, que vem atacado diariamente os direitos da juventude e do povo brasileiro. A mesa de abertura contou a participação, de Valeria Pires do Movimento de Mulheres Olga Benário, de Samuel Timóteo do MLC, de Natalia Lucia da União da Juventude Rebelião, de Henrique Castelliano da Unidade Popular(UP), de Ronnie Kolontai da UESPE – União dos Estudantes  Secundaristas de Pernambuco, de Fernanda Santiago do Grêmio Livre Estudantil Machado de Assis da Escola Maria Auxiliadora Liberato, de Gorete Gomes do MLB e de Fabiano Andrade do SINTEPE – Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco. Por vários momentos da mesa de abertura os estudantes ecoaram o grito de “Fora Temer” e “menos Frota mais Paulo Freire”, em repudio aos conselhos do ator pornô Alexandre Frota ao MEC.

Na parte da tarde, os estudantes se dividiram em 5 grupos de debates, com os temas: Abaixo a Lei da Mordaça, pelo Passe – Livre e Meia Passagem Intermunicipal, Já!, A crise do sistema capitalista e a luta da juventude no mundo, Cultura e Esportes, e Por uma escola sem Machismo, Racismo e LGBTfobia.

Ao final as propostas foram lidas e aprovadas na Plenária Final. Em seguida foi eleita a nova diretoria, tendo como presidente Felipe Barros, que afirmou “Foi um grande congresso, tanto em quantidade com na qualidade dos debates e das intervenções dos estudantes. Foram semanas de preparação com muita passagem em sala e realização de debates e plenárias preparatórias que valeram a pena.  A nova diretoria sai desse congresso com um novo gás, com um novo ânimo para lutar pelo passe – livre, por uma educação pública de qualidade e para enfrentar nas ruas a lei da mordaça e o governo golpista e ilegítimo de Temer”.

Redação de Caruaru-PE

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes