UM JORNAL DOS TRABALHADORES NA LUTA PELO SOCIALISMO

sábado, 3 de dezembro de 2022

Ares realiza homenagem a estudantes mortos pela Ditadura Militar

Neste ano, quando faz exatamente 53 anos da morte de Jonas José de Albuquerque, a Associação Recifense dos Estudantes Secundarista (Ares) engrossa a fileira junto a Comitê Memória, Verdade e Justiça de Pernambuco para dizer bem alto que o tempo não apagou e jamais apagará nosso desejo de justiça, nossa imensa revolta contra esse assassinato e diversos outros, contra o desaparecimento de corpos de milhares de pessoas pela Ditadura Militar.

Neste sentindo, a ARES organizou hoje mais um debate em repúdio à ditadura militar na Escola Técnica Estadual Professor Agamenon Magalhães (Etepam), que contou com a participação de mais de 250 estudantes. Não temos nada para esquecer, e nada que possa ser perdoado, queremos punição imediata de todos os agentes de Estado envolvidos no crime hediondo e imprescritível da tortura.

Sabemos que na época do desaparecimento de Jonas, o governo foi bastante cobrado para responder o por que das mortes, torturas, desaparecimentos e ocultação de corpos. Mas a ditadura cinicamente se pronunciava dizendo que os desaparecidos eram “terroristas”.

Para nós, terroristas são e serão sempre os verdugos assassinos desses homens e é de extremo orgulho dizer que o Jonas e tantos outros fizeram parte da vida da própria Ares, na sua construção e na sua luta. Seus nomes são repetidamente usados como forma de não esquecer  desses jovens que tinham em comum  a ânsia de liberdade para todos os homens.

Achamos que a melhor homenagem que podemos prestar nesse momento é continuar lutando, levantando bem alto a bandeira da liberdade e organizar debates e exposições para a conscientização do nosso povo na luta cotidiana da liberdade e da democracia.

E como já dizia o poeta ” você vai pagar, e é dobrado, por cada lágrima rolada, nesse meu penar”.

Jonas José de Albuquerque VIVE!

Taylinne Silva, presidente da Ares

Outros Artigos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Matérias recentes